Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/35471
Title: Estudos Clínicos, Epidemiológicos e Terapêuticos sobre a Leishmaniose Visceral Americana em Mato Grosso do Sul, Brasil, 2000-2005
Advisor: Boia, Marcio Neves
Cunha, Rivaldo Venancio da
Authors: Oliveira, Ana Lúcia Lyrio de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: As características clínicas, epidemiológicas, laboratoriais e terapêuticas da leishmaniose visceral humana foram estudadas em áreas de ocorrência recente da doença no Estado de Mato Grosso do Sul, resultando em quatro estudos, no período de 2000 a 2005. A leishmaniose visceral (LV) é uma doença em franca expansão no Mato Grosso do Sul, com características de urbanização, apresentando maior coeficiente de incidência nos municípios de Campo Grande e Três Lagoas, representando importante agravo à saúde pública no Estado. No município de Três Lagoas, a doença predominou no sexo masculino, com maior incidência de 0 a 4 anos, porém, com maior número de casos entre os adultos. As manifestações clínicas foram precoces, e os achados mais freqüentes foram febre, esplenomegalia, anemia e hepatomegalia. A pneumonia foi a infecção associada mais encontrada. O diagnóstico, em 90,6% dos casos, foi feito por pesquisa direta da leishmania em medula óssea, sendo o parasito isolado, caracterizado como Leishmania (L) chagasi. Os pacientes foram tratados adequadamente com antimoniato de meglumina em 78,2% dos casos com boa resposta. A letalidade foi maior acima de 60 anos, com uma taxa de 7,5% e 50% dos óbitos apresentou infecção associada.A prevalência de infecção assintomática no mesmo município foi de 34,1% na Reação de Imunofluorescência Indireta e 35,3% no teste imunoenzimático ELISA, sem diferença quanto ao sexo ou idade. As características socioeconômicas e epidemiológicas mais observadas foram: ensino fundamental incompleto, renda familiar de até dois salários mínimos e moradias com infra-estrutura adequada A permanência de crianças no peridomicílio ao entardecer, cães presentes do domicílio ou no peridomicílio e o relato da presença do flebótomo também foi constatado. Quanto ao tratamento com antimoniato de meglumina no Hospital Universitário/UFMS observou-se que as reações adversas graves mais freqüentes foram a insuficiência renal e hepática e a pancreatite. Ocorreram mais em adultos acima de 50 anos, com predomínio do sexo masculino. Dois pacientes cursaram com miocardiopatia e um apresentou crise convulsiva tônico-clônica generalizada. Metade dos casos evoluiu para o óbito. Concluindo, os dados aqui apresentados permitiram delinear um perfil clínico e epidemiológico da LV em áreas de instalação recente no Mato Grosso do Sul, reforçando sua importância em termos de Saúde Pública e subsidiando os órgãos responsáveis pela saúde no Estado a fim de definir ações efetivas para o diagnóstico, tratamento e controle, contribuindo para minimizar o impacto desta parasitose.
Abstract: Visceral Leishmaniasis’s (VL) clinical, epidemical, laboratory and therapeutic aspects were studied in areas where recent cases occurred in Mato Grosso do Sul, leading to four studies, from 2000 to 2005.VL is a spreading disease in Mato Grosso do Sul, with urban characteristics, occurring mostly in the cities of Campo Grande and Três Lagoas, representing a severe problem to the state health care system.In the city of Três Lagoas, this disease caused more victims among male, the majority of cases reported between ages 0 – 4, most cases happened in adults. The symptoms were precocious, and the most frequent were fever, esplenomegaly, anemia and hepatomegaly. The most common side infection found was pneumonia. The diagnosis, in 90.6% of the cases, was made by smearing the bone marrow and isolating the parasite, being classified as Leishmania chagasi. The patients were properly treated with pentavalent antimony, achieving a 78.2% rate of response. Death rate was higher in patients over 60 years old, with a 7.5% rate, and 50% of the deceased presented side infections.The percentage of asymptomatic infections in the same city was of 34.1% in the Imunofluorescence Indirect Reaction and 35.3% in the ELISA test, no differences were found regarding sex or age. The social, economical and epidemical characteristics found were: elementary school level not completed, family incomes up to two minimum wages and house masonry properly built. Children spending evenings outside home, dogs within the houses or nearby them and phlebotomy were also noticed.Regarding the treatment with pentavalent antimony, that was held by the University Hospital of UFMS, it follows that the most common severe side effects were kidney and liver failure and pancreatitis. These effects were more common among male over 50 years old. Two patients presented myocardiopathy and another one presented a tonic clonic convulsion. Half of the cases lead to death. Concluding, the presented data here had allowed to delineate a clinical profile and epidemiologic LV in areas of recent installation in the Mato Grosso do Sul, being strengthened its importance in terms of Public Health and subsidizing the responsible agencies for the health in the State in order to define action effective for the diagnosis, treatment and control, contributing to minimize the impact of this parasitism.
keywords: Leishmaniose Visceral
Epidemiologia
Mato Grosso do Sul
Infecção assintomática
Reações adversas ao antimonial pentavalente
DeCS: Leishmaniose Visceral
Saúde Pública
Issue Date: 2006
Citation: OLIVEIRA, Ana Lúcia Lyrio de. Estudos Clínicos, Epidemiológicos e Terapêuticos sobre a Leishmaniose Visceral Americana em Mato Grosso do Sul, Brasil, 2000-2005. 2006. 112 f. Tese (Doutorado em Medicina Tropical)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2006.
Date of defense: 2006
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ana_oliveira_ioc_dout_2006.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.