Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/3827
Title: Avaliação do perfil de citocinas, quimiocinas e proteína C-reativa, em pacientes com malária, nas fases aguda e de convalescença da infecção
Advisor: Ferreira, Joseli de Oliveira
Members of the board: Banic, Dalma Maria
Luca, Paula Mello de
Carvalho, Luzia Helena
Junior, Josué da Costa Lima
Antas, Paulo Renato Zuquim
Authors: Silva, Rodrigo Nunes Rodrigues da
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A malária permanece como um dos principais problemas de saúde pública do mundo, ocasionando mais de 200 milhões de casos anualmente, que resultam em cerca de um milhão de óbitos. Apesar de sua evidente importância epidemiológica, os mecanismos envolvidos na fisiopatologia da doença ainda são pouco compreendidos. Acredita-se que citocinas e outros mediadores da resposta imune sejam crucias no processo de cura e na determinação do curso da infecção. Desse modo, o presente trabalho teve por objetivo avaliar os níveis séricos de citocinas, quimiocinas, proteína C-reativa (CRP) e as alterações hematológicas em pacientes com malária, de área endêmica do Estado de Rondônia. Os pacientes foram avaliados na fase aguda (no momento do diagnóstico, antes do início do tratamento) e na fase de convalescença (15 dias após o início do tratamento quando o paciente já se encontrava curado). Na fase aguda da doença, os pacientes com malária apresentaram plaquetopenia, eosinopenia, leucopenia e linfopenia, além de um número aumentado de células bastão. Adicionalmente, foram observadas alterações nos níveis das citocinas IL-1β, IL-2, IL-6, TNF-α, IFN-γ, IL-10, IL-17, IL-8, MIP- 1β e no nível de CRP, que se encontravam elevados. Na fase de convalescença, as alterações hematológicas retornam aos valores normais. Entretanto, os níveis séricos de IL-1β, IL-2, IL-6, IL-12, TNF-α, IFN-γ, IL-17, IL-8 e MIP-1β, se encontram ainda mais elevados nesta fase. Tanto na fase aguda quanto de convalescença verificamos uma associação positiva entre IL-17 e os níveis das demais citocinas citadas, dado que reforça a ideia do papel de indução pró-inflamatória e regulação desta citocina. Além disso, houve uma redução drástica dos níveis de IL-10 e CRP nesta fase, quando atingem concentrações similares ao grupo controle. Por fim, os dados deste trabalho, também sugerem que as células bastão possam atuar como importantes fontes de IL-10 durante a infecção malárica, considerando a associação positiva entre o número de células bastão e os níveis de IL-10 na fase aguda e o retorno de ambos a níveis similares ao Controle na fase de convalescença da infecção.
Abstract: Malaria remains as a major public health problems of the world, causing more than 200 million annual cases that result in an estimated one million deaths. However, despite the obvious importance of the disease epidemiology, mechanisms and factors involved in the pathogenesis and pathophysiology of the disease are still poorly understood. It is believed that cytokines and other mediators of immune responses are crucial in the healing process and in determining the course of infection. Thus, this study aimed to evaluate serum protein (CRP) and hematological State. Patients were levels of changes in evaluated during cytokines, chemokines, C-reactive patients with malaria in endemic the phase (at acute areas of diagnosis Rondonia before starting treatment) and convalescent phase (15 days after starting treatment when the patient was cured). In acute phase of illness, patients with malaria had thrombocytopenia, eosinopenia, leucopenia and lymphopenia, and an increased number of band cells. Additionally, changes were observed in levels of IL-1β, IL-2, IL-6, and TNF-α, IFN-γ, IL-10, IL-17, IL-8, MIP-1β and CRP level, which were high. In the convalescent phase, the hematologic changes return to normal. However, serum levels of IL-1β, IL-2, IL-6, IL-12, TNF-α, IFN-γ, IL-17, IL-8 and MIP-1β, are still higher in this phase. Both in acute and convalescent other cytokines mentioned phase, we found a positive above. This data reinforces association between the idea that this IL-17 levels and cytokine has the a role in inducing pro-inflammatory and regulation of the other cytokines. In addition, there was a drastic reduction in the levels of IL-10 and CRP at this phase, when they reach concentrations similar to the control group. Finally, our data also suggest that band cells may act as producers of IL-10 during malaria infection, considering the positive association between the number of band cells and the levels of IL-10 in the acute phase and return both to levels similar to control in the convalescent phase of infection.
keywords: Rondônia
DeCS: Malária/fisiopatologia
Marcadores Biológicos
Citocinas / uso diagnóstico
Quimiocinas / uso diagnóstico
Proteína C / uso diagnóstico
Malária/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Convalescença
Reação de Fase Aguda/etiologia
Pacientes
Issue Date: 2011
Citation: SILVA, Rodrigo Nunes Rodrigues da. Avaliação do perfil de citocinas, quimiocinas e proteína C-reativa, em pacientes com malária, nas fases aguda e de convalescença da infecção. 2011. 107 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2011.
Date of defense: 2011-08-16
Place of defense: Rio de Janeiro / RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: restricted access
Appears in Collections:Biomanguinhos - Dissertações de Mestrado dos Profissionais
IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rodrigo_silva_ioc_mest_2011.pdf2.63 MBAdobe PDFThumbnail
    Request a copy



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.