Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/38623
Title: Memória do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho: homenagem ao seu fundador
Authors: Santos, Mili Bursztyn de Oliveira
Santos, Mauro Cesar de Oliveira
Bursztyn, Ivani
Frazão, Arthur Ribeiro
Castiglioni, Paulo
Affilliation: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura. Laboratório de Habitação. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Em andamento desde 2015, o projeto foi submetido e aprovado junto à pro reitoria de extensão da UFRJ. Preservar a memória do HUCFF, um patrimônio cuja história é fonte de ensinamentos não apenas no campo acadêmico, mas também ético-social e político. Organizar e divulgar a memória do HUCFF a partir dos depoimentos dos personagens que lhe deram vida ao longo de sua existência. Divulgar sua história de lutas, mobilização e conquistas. Contribuir para sua recuperação, para a autoestima de seus profissionais, estudantes e usuários. Fortalecer o SUS. Consistiu em registrar a memória dos personagens-chave, de forma a prover elementos para a construção, não só da história do HUCFF, mas, também, da evolução do ensino médico, e outros. A partir de entrevistas com os ex diretores do HUCFF e da Faculdade de Medicina, e outros participantes do processo de implantação, elaborou-se este vídeo, retratando a longa luta e o período de retomada dos trabalhos, com a instituição da comissão de implantação sob a coordenação do prof. Clementino Fraga Fo. O projeto do HU, iniciado em 1950, previa 1.800 leitos. Desde então, até a inauguração, 30 anos transcorreram ao sabor de conjunturas políticas que vão do período Vargas à ditadura militar. Falta de verbas, e outras prioridades políticas influenciaram este processo. Em 1967 esboça-se uma retomada da construção, objeto de reivindicação do movimento estudantil em ascensão. Apenas em 1972 recursos são destinados à conclusão das obras, seguindo projeto de readequação e ocupando somente a metade da área. A história mostra que a conquista do HUCFF foi fruto de mobilização e, num cenário de crise e baixo investimento, sua preservação e recuperação dependem da capacidade da instituição em continuar a sensibilizar e mobilizar apoios em diferentes setores da sociedade. Assim, o projeto de preservação de sua memória se soma a todos os esforços dirigidos à defesa e fortalecimento do SUS, com garantia do direito de acesso a serviços de saúde em todos os níveis de atenção. O projeto Memória do HUCFF está sendo desdobrado como atividade de extensão, aprofundando as pesquisas e incorporando os estudantes. Manter viva a história desta instituição é um dever para com as novas gerações, pois oferece aos nossos estudantes oportunidade de conhecer os processos, nem sempre óbvios, pelos quais se tece a malha entre formação profissional e compromisso social.
keywords: HUCFF
Memória
SUS
Issue Date: 2018
Publisher: ABRASCO
Citation: SANTOS, Mili Bursztyn de Oliveira et al. Memória do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho: homenagem ao seu fundador. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE, 8., 2019, João Pessoa. Anais... João Pessoa: ABRASCO, 2019. 2 p.
ISBN: 978-85-85740-10-8
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - Trabalhos Apresentados em Eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mili_Bursztyn_de_Oliveira_Santos.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.