Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/38630
Title: Sentidos ao longo do tempo: as narrativas midiáticas sobre o Sistema Único de Saúde produzidas em diferentes temporalidades
Authors: Machado, Izamara Bastos
Affilliation: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Esta comunicação se insere num projeto maior de pesquisa de doutorado onde uma das principais inquietações está voltada para a identificação das variadas narrativas produzidas ao longo do tempo sobre o Sistema Único de Saúde, o SUS. Admitindo que as narrativas podem ser produzidas por diferentes atores e em distintos momentos, consideramos aqui, que um desses importantes atores trata-se da mídia. Apresentar uma análise sobre as narrativas acerca do SUS que foram publicadas nas páginas de grandes jornais impressos brasileiros em diferentes temporalidades. Mostrar que os diversos atores produzem uma distinta e forte rede discursiva sobre o SUS. Optamos por trabalhar com pesquisa em jornais de ampla circulação no território nacional por entendermos que contribuem fortemente para a construção social dos sentidos sobre os temas que noticiam e por circularem em diferentes regiões do país. Para identificar e apresentar uma breve análise sobre as narrativas acerca do SUS, publicadas em momentos distintos da história do país, optamos por uma busca refinada nos acervos dos jornais e privilegiamos textos que usem a sigla “SUS” ou que tenham usado “Sistema Único de Saúde”. Levantamento e análise qualitativa do material fazem parte deste processo de pesquisa. Os campos: História, Comunicação e Saúde estão sendo visto correlacionados. Uma análise preliminar revelou a presença significativa de textos sobre SUS” e/ou “Sistema Único de Saúde”. Também é possível observar uma certa similaridade no que diz respeito ao conteúdo dos textos publicados entre os jornais impressos analisados. Uma importante consideração a fazer também é que nem sempre os jornais nomeiam o SUS para falar dele. Isso exigiu que se tivesse bastante cautela durante a pesquisa exploratória. Vale ainda ressaltar que, ao longo das quase três décadas do SUS, tendo o Brasil indicado 45 Ministros da Saúde neste período, a temática SUS esteve em mais ou em menos evidência nas páginas dos jornais, conforme o contexto político observado e conforme perfil do ministro.Conclusões/ConsideraçõesConsideramos que entender as narrativas produzidas sobre o SUS, especialmente as que são produzidas pela grande mídia comercial, não apenas no atual e difícil contexto que enfrentamos, mas ao longo das décadas de constituição do sistema de saúde, pode ser uma importante chave de compreensão para muitos sentidos que circulam hoje sobre o SUS. O fortalecimento do SUS depende de diferentes narrativas a serem produzidas pelos grandes meios de comunicação.
keywords: SUS
Comunicação
Issue Date: 2018
Publisher: ABRASCO
Citation: MACHADO, Izamara Bastos. Sentidos ao longo do tempo: as narrativas midiáticas sobre o Sistema Único de Saúde produzidas em diferentes temporalidades. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE, 8., 2019, João Pessoa. Anais... João Pessoa: ABRASCO, 2019. 2 p.
ISBN: 978-85-85740-10-8
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - Trabalhos Apresentados em Eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Izamara_Bastos_Machado.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.