Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/3908
Title: Dengue em Recife, Pernambuco: padrões clínicos, epidemiológicos, laboratoriais e fatores de risco associados à forma grave da doença
Other Titles: Dengue in Recife, Pernambuco: clinical-epemiological and laboratory patterns and risk factors for severe forms of the disease
Advisor: Silva, Norma Lucena Cavalcanti Licinio da
Albuquerque, Maria de Fátima Pessoa Militão de
Authors: Brito, Carlos Alexandre Antunes de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil
Abstract: A tese será apresentada no formato de um capítulo de livro e quatro artigos para periódico. O capítulo do livro intitulado: Dengue e Febre Hemorrágica da Dengue, teve como objetivo realizar uma atualização do tema visando subsidiar os profissionais de saúde no suporte ao paciente com dengue. O primeiro artigo intitulado: Acute disseminated encephalomyelitis in classic dengue teve por objetivo divulgar uma forma incomum de acometimento da doença e já está aceito para publicação. O segundo artigo intitulado: Evidência de alterações de permeabilidade vascular na dengue: quando a dosagem de albumina sérica define o quadro? apresenta uma série de casos de FHD estudados retrospectivamente com o objetivo de sistematizar as características clínicas dos casos e os exames laboratoriais relevantes para o seu acompanhamento e diagnóstico clínico. Esse estudo já foi aceito para publicação Revista Brasileira de Medicina Tropical. A partir de uma coorte iniciada em 2003, em Recife-PE, objetivando o desenvolvimento de vacina contra dengue e a identificação de marcadores prognósticos apresentaremos o terceiro e quarto artigos. A população do estudo foi composta por voluntários recrutados no serviço de urgência de dois hospitais gerais privados da cidade, Hospital Santa Joana e Hospital Esperança e um hospital de pediatria público o Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira (IMIP). Os médicos do plantão ao identificarem um caso suspeito seguiam o protocolo de atendimento aos pacientes com dengue do Ministério da Saúde (MS 2003), avaliando o paciente clinica e laboratorialmente no primeiro dia do atendimento e subseqüentemente quando necessário. Amostras de sangue eram coletadas na fase aguda da doença, na convalescença e após 6 meses. O terceiro artigo intitulado: Dengue: perfil clínico-epidemiológio, laboratorial e avaliação de fatores de risco em uma coorte prospectiva entre pacientes adultos em Recife, Nordeste do Brasil teve como objetivo descrever o padrão clínico-epidemiológicos dos casos de dengue entre maiores de 14 anos e identificar fatores de riscos associados a FHD. Como objetivo secundário analisouse as características que diferenciam os casos de dengue clássica (DC) daqueles de infecção dengue-like (IDL). O quarto artigo intitulado: Padrões clínicos de dengue e FHD na cidade do Recife, Brasil: uma comparação entre crianças e adultos tem objetivo descrever o padrão de apresentação na faixa etária pediátrica comparando com adultos
keywords: Dengue
Dengue - epidemiologia
Dengue – imunologia
Febre hemorrágica da dengue
Issue Date: 2007
Citation: BRITO, Carlos Alexandre Antunes de. Dengue em Recife, Pernambuco: padrões clínicos, epidemiológicos, laboratoriais e fatores de risco associados à forma grave da doença. 2007. 122 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública) – Fundação Oswaldo Cruz, Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Recife, 2007.
Place of defense: Recife
Department: Instituto Aggeu Magalhães
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000008.pdf11.9 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.