Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/3954
Title: Caracterização molecular de antígenos de leishmania (Leishmania) chagasi potencialmente úteis no controle da leishmaniose visceral
Other Titles: Molecular antigen characterization of leishmania (Leishmania) chagasi potentially useful in the control of Leishmaniasis visceral
Advisor: Melo Neto, Osvaldo Pompílio
Authors: Campos, Rodrigo Menezes de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: As leishmanioses são doenças antigas prevalentes em vários países, inclusive no Brasil. Dentre estas se destaca a leishmaniose visceral (LV), por se tratar da forma com maior potencial de letalidade. Visando facilitar o controle e o diagnóstico da LV, inúmeros antígenos isolados de diferentes espécies de Leishmania são estudados. As proteínas de choque térmico (HSPs), particularmente as de 70 kDa (HSPs70) e suas homólogas mitocondriais (HSP70mts), são abundantes proteínas intracelulares com homólogos presentes em procariotos e eucariotos. A síntese das HSPs, bem como das HSP70mts, está aumentada em situações de estresse, como quando as Leishmania spp. estão no interior do hospedeiro vertebrado, tornando as HSP70mts proeminentes indutores de resposta imunológica. A triagem em uma biblioteca de DNA complementar (cDNA) de Leishmania (Leishmania) chagasi, identificou dois clones, denominados de Lc2.1 e Lc2.2, cujos cDNAs são semelhantes aos genes hsp70mts já descritos em L. (L.) major e Trypanosoma cruzi, mas que codificam HSP70mts em L. (L.) chagasi. No presente trabalho se analisou a organização cromossômica dos genes hsp70mts em L. (L.) infantum/L. (L.) chagasi e L. (L.) major. Verificou-se também a existência de homólogos em diferentes protozoários da família Trypanosomatidae. Em espécies do gênero Leishmnaia, identificaram-se vários genes semelhantes ao clone Lc2.2, enquanto se encontrou apenas um gene semelhante ao clone Lc2.1. Não se encontrou gene semelhante ao clone Lc2.1 no gênero Trypanosoma, o que pode indicar uma evolução recente deste tipo de proteína em Leishmania spp. Um fragmento do clone Lc2.2, denominado FP2, foi subclonado, e a proteína codificada foi produzida e purificada. Purificaram-se anticorpos anti-proteína FP2, e se analisou a expressão das HSP70mts nativas em extratos de espécies de Leishmania, de Trypanosoma e em formas representativas do ciclo de vida de L. (L.) amazonensis e L. (L.) chagasi. Apenas na espécie L. (L.) amazonensis observaram-se duas bandas, sendo a menor delas mais expressa nas formas amastigotas. Por fim, examinou-se a distribuição das HSP70mts nativas em células de L. (L.) chagasi e se ratificou a distribuição ao longo de toda a mitocôndria
keywords: Leishmaniose visceral
Leishmania
Issue Date: 2007
Citation: Campos, Rodrigo Menezes de. Caracterização molecular de antígenos de Leishmania (Leishmania) chagasi potencialmente úteis no controle da leishmaniose visceral. 2007. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, 2007.
Place of defense: Recife
Department: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000025.pdf1.71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.