Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/4206
Title: Uso de método de biologia molecular quantitativo (PCR real-time) na avaliação de reservatórios para leishmaniose visceral
Other Titles: Uso de método de biologia molecular quantitativo (PCR real-time) na avaliação de reservatórios para leishmaniose visceral
Advisor: Moreira Junior, Edson Duarte
Members of the board: Lima, Artur Gomes dias
Almeida, Maria Angela Ornelas de
Carvalho, Lain Carlos Pontes de
Authors: Julião, Fred da Silva
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil.
Abstract: A leishmaniose visceral (LV) é uma zooantroponose sistêmica de importância reconhecida em saúde pública, 90% dos casos no novo mundo são oriundos do Brasil. Os cães domésticos e as raposas são considerados como os principais reservatórios. A persistência da Leishmania em áreas endêmicas e o insucesso das medidas de prevenção, dirigidas exclusivamente ao reservatório canino, sugerem que outros animais podem ter importância na manutenção do ciclo de transmissão da LV. OBJETIVO: Avaliar potenciais reservatórios para LV numa área endêmica, utilizando método de biologia molecular quantitativo (PCR real-time). MÉTODOS: Foram estudados animais domésticos (bovinos, equídeos, caprinos e ovinos) e animais silvestres (marsupial), no município de Salinas da Margarida, Bahia, de 2007 a 2009. Todos os animais domésticos de produção mantidos e/ou pernoitando nas áreas urbanas do município foram incluídos. Os marsupiais foram capturados com armadilha animal modelo Tomahawk colocadas no peridomicílio das residências onde ocorreram casos de LV humana e/ou canina na localidade de Encarnação. Nos animais domésticos de produção foi coletado apenas amostra de sangue periférico e nos marsupiais, além de sangue, foi obtida uma amostra de pele através de biópsia da orelha. Em todas as amostras foi realizado PCR real-time para investigar a presença de DNA do parasito e estimar a carga parasitária. Os primers e sondas utilizados foram selecionados em gene SSU rRNA, que aparece 160 vezes no genoma de Leishmania spp. e é altamente conservado entre as espécies de Leishmania. RESULTADOS: No total, foram avaliados 80 animais domésticos (20 bovinos, 33 equídeos, 20 caprinos e 7 ovinos) e 103 marsupiais, todos da espécie Didelphis albiventris. Cinco bovinos foram positivos no teste de PCR real-time com carga parasitária variando de 12,7 a 183,5 parasitos/mL. Apenas um marsupial apresentou amostra de sangue positiva (6,0 parasitos/mL). Todos os demais animais testaram negativo. CONCLUSÃO: A técnica de PCR real-time pode ser uma ferramenta útil para avaliar o papel de potenciais reservatórios domésticos e silvestres para LV. A execução do PCR real-time é menos trabalhosa e mais prática do que a realização do teste de xenodiagnóstico, além disso, ela poder ser automatizada, permitindo a análise de grande número de amostras em estudos epidemiológicos. A detecção de carga parasitária de Leishmania em sangue de bovinos, em quantidade comparável à encontrada em cães, sugere que eles podem ser reservatórios para LV. A relativa abundância de bovinos nas áreas endêmicas para LV, assim como as evidências da preferência alimentar do vetor por estes animais, ressaltam a importância do papel que os bovinos podem ter na transmissão da LV. Mais trabalhos são necessários para elucidar estas questões.
Abstract: Visceral leishmaniasis (VL) is a systemic zooantroponose of public health relevance, 90% of cases in the new world are from Brazil. Domestic dogs and foxes are considered the main reservoirs. The persistence of Leishmania in endemic areas and the failure of preventive measures, directed exclusively to the canine reservoir, suggest that other animals may be important in maintaining the transmission cycle of Leishmania. OBJECTIVE: To investigate potential reservoirs for VL in an endemic area, using molecular biology quantitative method (real-time PCR). METHODS: We studied domestic animals (cattle, horses, goats and sheeps) and wildlife (marsupial), in the city of Salinas da Margarida, Bahia, from 2007 to 2009. All livestock animals maintained and/or staying overnight in the urban areas of the municipality were included. The marsupials were captured with Tomahawk model animal traps placed outside the home of homes where there were human and/or dog VL cases in the locality of the Encarnação. In livestock animals, we collected only a sample of peripheral blood and in marsupials, in addition to blood we also collected a sample of ear skin biopsy. In all samples we carried out real-time PCR to detect the presence of parasite DNA and to estimate the parasite load. The primers and probes used were selected on SSU rRNA gene, which appears 160 times in the genome of Leishmania spp. and is highly conserved among species of Leishmania. RESULTS: In total, 80 livestock animals were evaluated (20 cattle, 33 horses, 20 goats and 7 sheep), and 103 marsupials, all Didelphis albiventris. Five cattle were positive by real-time PCR with parasite load ranging from 12.7 to 183.5 parasites/mL. Only one marsupial had a positive blood sample (6.0 parasites/mL). All other animals tested negative. CONCLUSION: The real-time PCR technique can be a useful tool for assessing the potential role of domestic and wild reservoir for LV. The implementation of real-time PCR is less laborious and more practical than the test of xenodiagnosis, in addition, it can be automated, allowing for the analysis of large number of samples in epidemiological studies. Detection of Leishmania parasite load in the blood of cattle, in an amount comparable to that found in dogs, suggests that they may be reservoirs for VL. The relative abundance of cattle in endemic areas for VL, as well as evidence of vector feeding preference for these animals, highlight the important role that cattle may exert in the transmission of VL. More research is needed to clarify these issues.
Keywords: Leishmaniasis
Polymerase chain reaction
Ruminants
Didelphis
keywords: Leishmaniose visceral
Reação em Cadeia da Polimerase
Ruminantes
Didelphis
Issue Date: 2011
Citation: JULIÃO, F. da S. Uso de método de biologia molecular quantitativo (PCR real-time) na avaliação de reservatórios para leishmaniose visceral. 2011. 84 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa) - Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, Salvador, 2011.
Date of defense: 2011
Place of defense: Salvador
Department: Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz
Program: Pós-Graduação em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa
Copyright: open access
Appears in Collections:BA - IGM - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fred da Silva Juliao Uso de método de biologia molecular....pdf3.31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.