Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/4381
Full metadata record
DC FieldValue
dc.contributor.advisorMoreira, Josino Costa
dc.contributor.authorCardoso, Telma Abdalla de Oliveira
dc.date.accessioned2012-09-05T18:23:46Z
dc.date.available2012-09-05T18:23:46Z
dc.date.issued2008
dc.identifier.citationRio de Janeiro s.n 2008 xxv,208p b
dc.identifier.urihttps://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/4381
dc.description.abstractEste estudo apresenta uma análise sobre a necessidade de instalação de umlaboratório de contenção máxima (NB-4) no Brasil, a fim de atender as necessidades de pesquisa e diagnóstico de agentes patogênicos, de relevância epidemiológica e risco de disseminação ou causador de doença emergente que se torne epidemiologicamente importante ou cujo mecanismo de transmissão seja desconhecido.Discute, através de uma revisão bibliográfica, a emergência e reemergência de doenças infecciosas mostrando situações críticas enfrentadas no âmbito mundial.Destaca a susceptibilidade do Brasil, considerando a sua complexidade, representada especialmente, pela sua biodiversidade e pelos problemas sócio-econômicos, que afetam diretamente a saúde pública. Sublinha a questão dos investimentos no setor da saúde, voltados à vigilância, ao fortalecimento de bases epidemiológicas, laboratorial e clínica, centradas em medidas de prevenção e de controle nas áreas de vigilância, onde se inclui a perspectiva da Biossegurança. Aborda aspectos do monitoramento de risco, enfatizando as intercessões entre a Biossegurança e a Biosseguridade, como campos integrados e voltados para controlar aspossibilidades de risco relacionado com as questões de saúde pública , tais como o bioterrorismo, considerando a importância da construção de políticas institucionais voltadas para atender as demandas dos laboratórios e das situações de risco de saúde pública, em especial, através de eventos de grande impacto provocados pela circulaçãode agentes biológicos de alta letalidade.Em termos metodológicos, utiliza os dados do Centro de InformaçõesEstratégicas em Vigilância em Saúde, da Secretaria de Vigilância em Saúde, doMinistério da Saúde para construção do estudo de caso. Conclui, a partir da análise da relevância epidemiológica dos eventos notificados e sua relação com o potencial de risco manifesto ou latente, a pertinência de investimentos em Biossegurança em termos da construção de uma infra-estrutura laboratorial e a conseqüente capacitação de profissionais, indicando a importância do debate sobre a localização desta unidade, a partir do contexto epidemiológico traduzido pelo sistema de notificação.
dc.language.isopor
dc.rightsopen access
dc.subject.otherExposição a Agentes Biológicos
dc.subject.otherDoenças Transmissíveis Emergentes
dc.subject.otherContenção de Riscos Biológicos
dc.titleAnálise da construção da competência do Brasil em direção ao laboratório de contenção máxima: realidades e perspectivas
dc.title.alternativeAnalysis of the construction of the power of Brazil toward the maximum containment laboratory: realities and prospects
dc.typeThesis
dc.degree.departmentEscola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
dc.degree.grantorFundação Oswaldo Cruz
dc.degree.levelDoutor
dc.degree.localRio de Janeiro
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Appears in Collections:ENSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
335.pdf1.52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.