Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/45657
Title: Occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies and risk factors associated with infection in equids slaughtered for human consumption in Brazil
Authors: Falco Arruda, Igor
Freitas, Wellington Alves de
Carrijo, Kênia de Fátima
Paz, Paula Silva da
Silva, Marianny Miranda
Sudré, Adriana Pittella
Santos, Fabielle Marques
Fonseca, Ana Beatriz Monteiro
Amendoeira, Maria Regina Reis
Millar, Patricia Riddell
Affilliation: Universidade Federal Fluminense. Instituto Biomédico. Departamento de Microbiologia e Parasitologia. Niterói, RJ, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Laboratório de Toxoplasmose e outras Protozooses. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal de Uberlândia. Faculdade de Medicina Veterinária. Uberlândia, MG, Brasil.
Universidade Federal de Uberlândia. Faculdade de Medicina Veterinária. Uberlândia, MG, Brasil.
Universidade Federal de Uberlândia. Faculdade de Medicina Veterinária. Uberlândia, MG, Brasil.
Universidade Federal de Uberlândia. Faculdade de Medicina Veterinária. Uberlândia, MG, Brasil.
Universidade Federal Fluminense. Instituto Biomédico. Departamento de Microbiologia e Parasitologia. Niterói, RJ, Brasil.
Universidade Federal Fluminense. Instituto Biomédico. Departamento de Microbiologia e Parasitologia. Niterói, RJ, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Laboratório de Toxoplasmose e outras Protozooses. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal Fluminense. Instituto de Matemática e Estatística. Departamento de Estatística. Niterói, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Laboratório de Toxoplasmose e outras Protozooses. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal Fluminense. Instituto Biomédico. Departamento de Microbiologia e Parasitologia. Niterói, RJ, Brasil
Abstract: Toxoplasmose é uma zoonose cosmopolita causada pelo Toxoplasma gondii. A ingestão de carne crua/mal cozida é considerada uma importante forma de infecção. A ingestão de carne de equídeos é comum nos países europeus e asiáticos e, no Brasil, tem sido observado um aumento no consumo. O objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência de anticorpos anti-T.gondii e correlacionar com possíveis fatores de risco relacionados à infecção em equídeos que foram abatidos para consumo humano em Minas Gerais, Brasil. Amostras de sangue de 192 equinos e 208 asininos foram coletadas na área de sangria durante o abate. As amostras de soro foram analisadas pela Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). A análise estatística foi realizada usando o teste qui-quadrado de Pearson (χ2) ou o teste exato de Fisher, buscando relacionar possíveis fatores de risco com a prevalência de anticorpos. Anticorpos foram encontrados em 13,5% dos equídeos, com maior ocorrência em equinos (18,75%) do que em asininos (8,65%). Foram encontradas associações entre soropositividade e as seguintes variáveis (p ≤ 0,05): espécie, origem animal, finalidade da criação e fonte de água para consumo animal e contato com gatos. Os produtores precisam implementar medidas para controlar a infecção nessas espécies, evitando assim, a transmissão do parasita à população humana que consumirá sua carne.
Abstract: Toxoplasmosis is a worldwide zoonosis caused by Toxoplasma gondii. Ingestion of raw/undercooked meat is considering an important route of infection. Consumption of meat from equids is common in European and Asian countries and an increase in Brazil has been observed. The aim of this study was to evaluate occurrences of anti-T. gondii antibodies and risk factors relating to infection in equids slaughtered for human consumption in Minas Gerais, Brazil. Blood samples from 192 horses and 208 donkeys were collected in the exsanguination area during the slaughter. Serum samples were subjected to the indirect fluorescent antibody test (IFAT). Association analysis was performed using Pearson’s chi-square test (χ2) or Fisher’s exact test, to evaluate risk factors relating to the prevalence of seroreagents. Antibodies against T. gondii were found in 13.5% of the equids, with higher occurrence in horses (18.75%) than in donkeys (8.65%). Associations between seropositivity and the following variables were found (p ≤ 0.05): species, animal origin, purpose of rearing and source of water for animal consumption and contact with cats. Farms need to implement preventive measures to control T. gondii infection in these species and avert transmission of the parasite to the human population that will consume their meat.
Keywords: Toxoplasmosis
Horses
Donkeys
Serology
Minas Gerais
Brazil
keywords: Toxoplasmose
Equinos
Sorologia
Asininos
Minas Gerais
Issue Date: 2020
Publisher: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Citation: ARRUDA, Igor Falco et al. Occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies and risk factors associated with infection in equids slaughtered for human consumption in Brazil. Brazilian Journal of Veterinary Parasitology, Jaboticabal. v. 29, n. 3, e002320, p. 1-8, 2020.
DOI: 10.1590/S1984-29612020058
ISSN: 1984-2961
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - Artigos de Periódicos
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IgorArruda_MariaRAmendoeira_etal_IOC_2020.pdf494.75 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.