Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/47622
Title: Um olhar bioético sobre o sofrimento psíquico do agente comunitário de saúde no contexto do trabalho na atenção primária à saúde
Other Titles: A bioethical gaze at the psychological suffering of the community health agent as a primary health care’s worker
Advisor: Schramm, Fermin Roland
Authors: Rodrigues, Carlos Alberto Bizarro
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Propósito do presente estudo é pensar o sofrimento psíquico do agente comunitário de saúde a partir do referencial da Bioética de Proteção com o intuito de demonstrar que as particularidades e as demandas inerentes ao seu cotidiano laboral incorrem na degradação de suas condições de vida, o que é requisito para considerá-lo paciente moral no âmbito dessa abordagem bioética. Para tanto, busca-se fazer uma articulação entre corpo e biopolítica, em sua relação com os fundamentos e perspectiva da Bioética de Proteção por meio de um levan-tamento bibliográfico ancorado nos marcos teóricos de Le Breton, Merleau-Ponty, Foucault, Agamben, Esposito, Kottow e Schramm. Tal estudopropiciou a investigação das relações entre biopolítica, o corpo própriodoagente comunitário de saúdee o seu sofrimento psíquico por intermédio de uma análise das suas condições de trabalho que fosse capazdefundamentara caracterização desse trabalhador comosujeito vulnerado. Tal intento se deu a partir (1) de uma breve descrição da evolução da noção de poder soberano, biopoder e biopolíticae sua relação com o corpo na sociedade ocidental; (2) da reflexão sobre odescompasso entre o léxico das políticas públicas e o trabalho em saúde que tende a promover a prioridade lexical das ações emrelação ao trabalhador enquanto vivente e o seu quotidiano laboral; (3) da demonstração de que o conjunto dos aspectos que compõem o mundo profissional do agente comunitário de saúdeapontam para a tendência à sua vulneração no âmbito do trabalho e; (4) da construção de um cenário a partir das noções de vulneração e de princípio de proteção juntamente com a visão ergonômica da organização do trabalho em saúde e do processo de trabalho do agente comuni-tário de saúdeem sua articulação com a noção de corpo próprio para caracterizá-lo como paciente moral. Por fim, intenta-se que esse estudo possa se constituirem um instrumento de sen-sibilização dos trabalhadores, pesquisadores e gestores da saúde que atuam ou se interessam pelo âmbito da Atenção Primária à Saúde e contribuir para a abertura de horizontes de interpre-tação das políticas públicas em saúde, bem como fornecer subsídios para o debate político e institucional.
Abstract: The aim of the present study is to think about the psychologicalsuffering of the com-munity health workers based on the Bioethics of Protection framework in order to demonstrate that the particularities and demands inherent to their daily work incur the degradation of their living conditions, which is a requirement to consider them as moral patients tothe Bioethics of Protection. To this end, an attempt is made to articulate the body and biopolitics concepts with the fundamentals of Bioethics of Protection by a bibliographic survey based on the theoretical frameworks of Le Breton, Merleau-Ponty, Foucault, Agamben, Esposito, Kottow and Schramm.Indeed, the goal of this work was achieved by investigating how relationships between biopol-itics, the community health workers and their suffering pari passuon to theirs working condi-tions resulted in their insertion as moral patients in the scope of Bioethics of Protection.This attempt came from (1) a brief description of the evolution of the sovereign power, biopower and politicsconcepts and their relationship with the body in Western society; (2) the reflection on the mismatch between the lexicon of public policies and health work that tends to promote the lexical priority of actions in relation to the worker while their living and their daily work; (3) the demonstration that the set of aspects that make up the professional world of the commu-nity health agent points to the tendency to their susceptibility in the work environment and; (4) the construction of a scenario where thearticulation of thenotion of body and the principle of protection together with the ergonomic view of the health work organization and the community health agent\2019s work processpromote his characterizationas a moral patient. In the end, this thesis intent tobecome an instrument to raise awareness among health workers, researchers and managers who work of are interested in the Primary Health Care issues and contribute to the opening of horizons for the interpretation of public health policies, as well as providing subsi-dies for political and institutional debate.
Keywords: Bioethical Issues
Human Body
Ethics and Public Health
Primary Health Care
Community Health Workers
keywords: Temas Bioéticos
Corpo Humano
Ética e Saúde Pública
Atenção Primária em Saúde
Agentes Comunitários de Saúde
DeCS: Temas Bioéticos
Corpo Humano
Ética
Saúde Pública
Atenção Primária à Saúde
Agentes Comunitários de Saúde
Issue Date: 2020
Citation: RODRIGUES, Carlos Alberto Bizarro. Um olhar bioético sobre o sofrimento psíquico do agente comunitário de saúde no contexto do trabalho na atenção primária à saúde. 2020. 272 f. Tese (Doutorado em Bioética Ética Aplicada e Saúde Coletiva) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2020.
Date of defense: 2020-12-18
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz.
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.
Program: Programa de Pós-Graduação em Bioética Ética Aplicada e Saúde Coletiva
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - PPGBIOS - Teses de Doutorado
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
carlos_alberto_bizarro_rodrigues_ensp_dout_2020.pdf5.92 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.