Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/5326
Title: Avaliação do risco de benzeno em Volta Redonda: as incertezas na avaliação da exposição
Other Titles: Evaluation of the risk of benzene in Volta Redonda: the uncertainties in the evaluation of the exhibition
Advisor: Costa, Maria de Fátima Barrozo da
Authors: Reis, Marcelo Moreno dos
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A exposição humana aos poluentes químicos pode resultar em efeitos adversos à saúde. Com a intenção de determinar a probabilidade dos efeitos à saúde associados à exposição humana às substâncias químicas, dois métodos são recomendados pela Agência Americana de Proteção Ambiental (US EPA) e pela Agência Americana para Substâncias Tóxicas e Registros de Enfermidades (ATSDR), respectivamente, Avaliação de Riscos e Avaliação de Saúde. Uma das etapas das duas metodologias é a Avaliação da Exposição, cujo objetivo é a determinação da natureza e extensão do contato humano com as substâncias químicas. Buscando contribuir com o campo da saúde ambiental no Brasil, este estudo foi conduzido para analisar os dados ambientais e de saúde disponíveis para a caracterização e avaliação da exposição humana ao benzeno em Volta Redonda/RJ. A metodologia aplicada consistiu na revisão dos elementos necessários para a avaliação da exposição, recomendados pela EPA e ATSDR, e no levantamento das informações sobre saúde e meio ambiente disponíveis no Município relacionadas à contaminação por benzeno. Atualmente, as informações disponíveis em Volta Redonda acerca da exposição humana ao benzeno são insuficientes para uma adequada avaliação da exposição a esta substância, devido às incertezas e variabilidades presentes nos dados das medições da exposição. Este estudo ressalta a importância da integração de várias disciplinas e dos diversos atores sociais, envolvidos em situações ambientais complexas, como a da contaminação ambiental por benzeno em Volta Redonda/RJ, na condução das ações de avaliação e caracterização da exposição humana às substâncias químicas. Também, a não validação, ou legitimação, dos dados ambientais disponíveis no Município, pela população, é um outro aspecto que deve ser levado em consideração para assegurar que o gerenciamento de riscos seja apropriado para a proteção da saúde humana
keywords: Benzeno
Exposição Ambiental
População Exposta
Issue Date: 2004
Citation: Rio de Janeiro s.n 2004 xii,74p
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
618.pdf1.31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.