Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/5656
Title: O papel dos pequenos roedores e marsupiais no ciclo de transmissão de Trypanosoma cruzi e T. evansi em áreas com diferentes características ambientais no Pantanal Sul- Matogrossense
Advisor: Jansen, Ana Maria
D'Andrea, Paulo Sérgio
Members of the board: Bonvicino, Cibele Rodrigues
Araújo, Adauto José Gonçalves de
Grelle, Carlos Eduardo de Viveiros
Lima, Marli
Mallet, Jacenir Reis dos Santos
Authors: Martins, Vitor Rademaker
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A expansão das fronteiras agrícolas exigida pelo crescimento populacional humano tem causado impactos ambientais com consequências que se estendem da escala local à global. O Pantanal brasileiro é uma região de grande diversidade biológica e que sofre alterações ambientais, induzidas por humanos através da pecuária extensiva, e alterações ambientais sazonais, causadas pelo regime de inundação. Nesta região, o Mal das Cadeiras em cavalos, causado por Trypanosoma evansi, representa um fator de impacto à pecuária extensiva no Pantanal, onde cavalos são utilizados no manejo do gado e como principal meio de transporte. Embora não haja relatos da Doença de Chagas no Pantanal, Trypanosoma cruzi é encontrado circulando em alta prevalência em animais silvestres em vários biomas. Neste contexto, o objetivo desta tese foi avaliar o papel dos pequenos roedores e marsupiais no ciclo de transmissão de T. cruzi e T. evansi e como alterações ambientais causadas por humanos podem influenciar na micro e macrofauna do Pantanal e na interação entre as mesmas. Para isso comparamos a diversidade de roedores e marsupiais e de helmintos de Thrichomys pachyurus entre uma área de reserva e uma área de pecuária extensiva no Pantanal, o perfil de infecção por T. cruzi e T. evansi e analisamos ainda o impacto da infecção natural por dois tripanosomatídeos em três espécies de roedores silvestres. A criação de gado na área estudada não estava associada à perda de riqueza de espécies nem mudança na composição de espécies, mas influenciou na abundância relativa das espécies e padrão de ocupação dos habitats. O roedor O. mamorae foi a espécie que apresentou prevalência mais alta de ambos tripanosomas, provavelmente por ser encontrado nos mesmos ambientes utilizados tanto por Tabanídeos como por Triatomíneos, vetores de T. evansi e T. cruzi, respectivamente. Apesar da baixa prevalência de animais com parasitemias expressivas, os marsupiais apresentaram maior potencial de amplificação de T. cruzi. Os roedores examinados apresentaram baixo impacto das infecções por T. evansi e T. cruzi nos parâmetros hematológicos estudados. No roedor T. pachyurus as infecções por T. evansi e/ou helmintos, não apresentaram impacto relevante à saúde do animal, a julgar pelos parâmetros hematológicos dentro dos limites normais. Este roedor apresentou alta diversidade de helmintos, provavelmente por ocupar diversos tipos de habitat, sendo considerado habitat-generalista nas áreas estudadas. A presença de um nematódeo de cervídeos e porcos em T. pachyurus, apenas na área de gado, sugere que a criação de gado concentra diferentes espécies em uma mesma mancha e/ou mesmo tipo de habitat, ocasionando o compartilhamento de ambiente e a transmissão/aquisição de parasitos entre espécies distintas. Concluímos que nas áreas estudadas os pequenos roedores e marsupiais apresentam papel secundário na manutenção do ciclo de transmissão de T. cruzi e T. evansi em comparação com outras espécies de mamíferos no Pantanal.
Abstract: The demand for agriculture expansion required for the growing human population has caused from local to global scale environmental impacts. The Brazilian Pantanal is a region of great biological diversity, which suffers anthropogenic environmental alterations, caused by cattle ranching, and natural environmental alterations, caused by seasonal flooding. In this region, the horse illness called “Mal das Cadeiras”, caused by Trypanosoma evansi, can cause major impacts to the cattle ranching activities, where horses are frequently used for cattle management activities and transportation. Although in the Pantanal, human Chagas Disease has not been reported, Trypanosoma cruzi has been found in circulating in high prevalence in wild animals in a variety of Biomes. In this context, the objective of this thesis was to evaluate the role of small rodents and marsupials in the transmission cycle of T. cruzi and T. evansi, and how anthropogenic environmental alterations may influence the micro and macro fauna in the Pantanal, and also how they interact with each other. For that the diversity of small rodents and marsupials and the helminthes of Thrichomys pachyurus were compared between a preserved area and a cattle ranching area, as well as the infection profile of T. cruzi and T. evansi and analyzed the impact of the natural infection by T. cruzi and T. evansi in three species of wild rodents. Cattle ranching was not associated to species richness loss nor to a change in species composition, but has influenced on the relative abundance of the small rodent and marsupial species and their habitat occupation pattern. The rodent O. mamorae was the species with the highest prevalence of both trypanosomes, probably for being present in the same habitats as Tabanid flies and Triatomine bugs, vectors of T. evansi and T. cruzi, respectively. Despite of the low prevalence of animals with expressive parasitemias, marsupials presented a higher potential for amplifying T. cruzi. The examined rodents presented low impact to the infections by T. cruzi and T. evansi in the studied blood parameters. In the rodent, T. pachyurus the infections by T. evansi and/or helminthes did not present a relevant impact to the animal‟s health, as their hematological parameters were within the normal limits. This rodent presented high diversity of helminths, probably for occupying several habitat types, being considered a habitat-generalist in the studied areas. The presence of a nematode from cervids and pigs in T. pachyurus only in the cattle area, suggests that cattle ranching forces different species to share a same habitat type and/or patch, facilitating the transmission/acquisition of parasites between distinct species. We concluded that in the studied áreas the small rodents and marsupials presented a secondary role in the maintenance of the transmission cycle of T. cruzi and T. evansi in comparison to other mammal species in the Pantanal.
keywords: Thrichomys Pachyurus
Trypanosoma Evansi
Mal de Cadeira
Oecomys mamorae
DeCS: Trypanosoma Cruzi/patologia
Doença de Chagas/transmissão
Marsupiais /parasitologia
Roedores/parasitologia
Pantanal
Alteração Ambiental
Crescimento Demográfico
Zonas Agricolas /prevenção & controle
Brasil /epidemiologia
Issue Date: 2010
Citation: MARTINS, V. R. O papel dos pequenos roedores e marsupiais no ciclo de transmissão de Trypanosoma Cruzi e T. Evansi em áreas com diferentes características ambientais no Pantanal Sul- Matogrossense. 2010. 102 f. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) – Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2010.
Date of defense: 2010-01-18
Place of defense: Rio de Janeiro/ RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
vitor_martins_ioc_dout_2010.pdf14.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.