Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/573
Title: Aplicação de modelo bayesiano empírico na análise espacial da ocorrência de hanseníase
Other Titles: Empirical bayesian model applied to the spatial analysis of leprosy occurrence
Authors: Souza, Wayner Vieira de
Barcellos, Christovam de Castro
Brito, Ana Maria de
Carvalho, Marilia Sá
Cruz, Oswaldo Gonçalves
Albuquerque, Maria de Fátima Pessoa Militão de
Alves, Keyla Ribeiro
Lapa, Tiago Maria
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Informação Científica e Tecnológica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal de Pernambuco. Faculdade de Ciências Médicas. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Programa de Computação Científica. Rio de Janeiro,RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Aluna do curso de pós-graduação, nível mestrado, da Universidade Federal de Pernambuco.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da hanseníase, identificar áreas de possível sub-registro de casos ou de provável alta transmissão (risco) e verificar a associação dessa distribuição à existência de casos de formas multibacilares. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Recife, PE, de acordo com 94 bairros analisados. A fonte de coleta de dados foi o Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Foi adotada uma abordagem ecológica com utilização do método bayesiano empírico para suavização local de taxas, a partir de informações de bairros vizinhos por adjacência. RESULTADOS: A ocorrência média anual foi de 17,3% de casos novos em menores de 15 anos (28,3% de formas multibacilares), indicando um processo de intensa transmissão da doença. A análise da distribuição espacial de hanseníase apontou três áreas onde se concentram bairros com taxas de detecção elevadas e que possuem baixa condição de vida. CONCLUSÕES: O emprego do modelo bayesiano, baseado em informações de unidades espaciais vizinhas, permitiu estimar novamente indicadores epidemiológicos. Foi possível identificar áreas prioritárias para o programa de controle de hanseníase no município, tanto pelo elevado número de ocorrências correlacionado à presença de formas multibacilares de doença em menores de 15 anos quanto pela existência de subnotificação.
Abstract: Objective To analyze the spatial distribution of leprosy, identify areas of potential case underreporting or high transmission risk, and to assess the ecological association of leprosy distribution with multibacillary cases. Methods This study was carried out in 94 neighborhoods of Recife, Brazil. Data was obtained from the Ministry of Health’s Disease Reporting System. An ecological approach with the empirical Bayesian method was applied for local rate flattening, using data from a neighborhood matrix. Results The mean annual occurrence was 17.3% of new cases in individuals under the age of 15 (28.3% corresponded to multibacillary forms), revealing an intense disease transmission. The spatial distribution of leprosy indicated three areas where there was a concentration of high detection rates and low-income neighborhoods. Conclusions The Bayesian method allowed to reassess epidemiological indicators based on data from neighboring spatial units. This enabled to identify areas that should be prioritized in municipal control programs, either because of underreporting of cases or the higher number of occurrences related to multibacillary forms in individuals under 15.
Keywords: Hanseníase, epidemiologia
Distribuição espacial
Teorema de Bayes
Hanseníase, transmissão
Notificação de doenças
Sub-Registro
Hanseníase, análise espacial
Keywords: Leprosy, epidemiology
Residence characteristics
Bayes theorem
Leprosy, transmission
Disease notification
Underregistration
Leprosy, spatial analysis
Issue Date: 2001
Publisher: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Citation: SOUZA, Wayner Vieira et al. Aplicação de modelo bayesiano empírico na análise espacial da ocorrência de hanseníase. Revista de Saúde Pública, v. 35, n. 5, p. 474-480, 2001.
ISSN: 0034-8910
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos
PE - IAM - Artigos de Periódicos
ICICT - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BARCELLOS_Aplicacao do modelo bayesiano empirico_2001.pdf401.08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.