Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/5796
Title: Desenvolvimento de teste rápido para detecção de rotavírus: imunoensaio de captura e aglutinação em látex
Advisor: Nascimento, Jussara Pereira do
Leite, José Paulo Gagliardi
Members of the board: Bonaldo, Myrna Cristina
Garcia, Rita de Cássia Nasser Cubel
Teixeira, Maria da Glória Martins
Authors: Silveira, Waldemir de Castro
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O rotavírus humano (RV) pode ser detectado prontamente pelo método de aglutinação do látex (LTE), com elevada sensibilidade e especificidade, através da reação cruzada com o anticorpo anti-rotavírus decarneiro. As partículas de látex revestidas com a imunoglobulina G anti-rotavírus, são especificamente aglutinadas na presença do RV, com resultados macroscopicamente evidentes dentro de poucos minutos. Para a sensibilidade e a especificidade do método de LTE proposto, comparou-se com outro método similar (Rota-Kit Slidex®; BioMérieuxl), um total de 81 amostras fecais de crianças até 5 anos com gastroenterite aguda. Com 36 amostras diarréicas RV-positivos e 45 RV-negativos, a ensibilidade analítica do teste de LTE proposto foi > 99,99%, e a especificidade analítica também foi > 99,99%. O LTE demonstrou ser capaz de detectar partículas de rotavírus em fezes diarréicas em concentrações 20 vezes menores que o limite de detecção do Rota-Kit Slidex®. A freqüência de testes positivos de LTE pareceu ser proporcionalà concentração de viríons na amostra fecal. O LTE demonstrou uma sensibilidade de 94,0% (34 de 36 positivos), e uma especificidade > 99,99% (45de 45 negativas) quando comparado com o Rotazyme II®, um ensaio imunoenzimático (Abbott Laboratories). O método do LTE é rápido, facilmenteutilizável para detectar o RV em amostra fecal de crianças e é apropriado para a aplicação como um teste diagnóstico simples, principalmente para triagem de grandes grupos de pacientes. O LTE é estável por pelo menos 2 anos searmazenado sob refrigeração (4°C) e se mostra útil para laboratórios de pequeno porte, para rotinas ambulatoriais, de emergências e de triagem e finalmente, para discriminar amostras negativas que poderão então ser testadas por testes mais sensíveis.
Abstract: Human rotavírus (HRV) can readily be detected by the latex agglutination assay method (LTE), with raised sensitivity and specificity, based on crossed reaction with the anti-rotavirus sheep antibody. The latex particles coated with anti-rotavirus immunoglobulin G, agglutinates specifically when in contact with HRV in few minutes, with evident macroscopically results. The sensitivity and the specificity performance of the proposed method (LTE), was compared with another similar method (Rota-Kit Slidex®, BioMérieux), a total of 81 specimens from children with acute gastroenteritis were tested. With 36 HRV positive samples and 45 HRV negative samples, the analytical sensitivity of LTE was better than 99,99% and the analytical specificity, also, was better than 99,99%. The LTE demonstrated to be capable to detect particles of HRV in fecal samples in concentrations20 lesser times that the limit of detection of Rota-Kit Slidex®. The frequency of positive tests of LTE seemed to be proportional to the concentration of virions in the fecal sample. The LTE demonstrated a sensitivity of 94,0%(34 of 36 positives), and a specificity >99,99% (45 of 45 negatives) whencompared with Rotazyme II® (Abbott Laboratories). The method of the LTE is fast and easily usable to detect HRV in children fecal sample and is appropriate for application as a test of simple diagnosis, mainly for screening of great groups of patients. The LTE is stable per at least 2 yearsif stored under refrigeration (4°C) and it shows useful for small laboratories, clinic routines, emergence rooms and screenings and finally to discriminate negative samples that could then be tested by more sensible tests.
Keywords: Human rotavirus
Rotavirus
Immunoassay
Agglutination
Latex
Diarrhea
Diagnosis
keywords: Rotavírus humano
Rotavirus
Imunoensaio
Aglutinação
Látex
Diarréia
Diagnóstico
DeCS: Rotavirus
Imunoensaio
Aglutinação
Látex
Diarréia
Diagnóstico
Issue Date: 2005
Publisher: Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos
Citation: SILVEIRA, Waldemir de Castro. Desenvolvimento de teste rápido para detecção de rotavírus: imunoensaio de captura e aglutinação em látex. 2005. 61 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologia de Imunobiológicos) – Instituto de tecnologia em Imunobiológicos, em parceria com o Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2005.
Date of defense: 2005
Place of defense: Rio de Janeiro / RJ
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos.
Program: Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular Mestrado Profissional em Tecnologia de Imunobiológicos
Copyright: open access
Appears in Collections:Biomanguinhos - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
waldemir-de-castro-silveira.pdf653.92 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.