Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/5842
Title: Metodologias iniciais para implementação de um ELISA para detecção do interferon beta humano recombinante (1A) com aplicação no controle de qualidade de Bio-Manguinhos
Advisor: Moraes e Souza, Márcia Terezinha Baroni de
Teixeira, Maria da Glória Martins
Members of the board: Senna, José Procópio Moreno
Peralta, José Mauro
Oelemann, Walter Martin Roland
Authors: Oliveira, Carina Cantelli Pacheco de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O interferon beta (IFN-β) é uma proteína globular consistindo de cinco cadeias α-helicais e como biofármaco é principalmente utilizado para o tratamento da esclerose múltipla (EM). A EM é uma doença até o momento sem cura e das terapias imunomodulatórias disponíveis para melhoria do quadro da EM, o IFN-βé o biofármaco disponível mais bem caracterizado. Duas formas do IFN-βhumano recombinante são clinicamente utilizadas: IFN-β-1a, produzida em células de ovários de hamster chinês (CHO), similar ao IFN-βnativo; e a forma IFN-β-1b, produzida em sistema de Escherichia coli, não possuindo moléculas de açúcar na cadeia polipeptídica expressa. Testes para detecção e quantificação dos IFNs são principalmente do tipo ELISA sendo cruciais nos processos de desenvolvimento, monitoramento e no controle de qualidade, devido principalmente a relação sensibilidade/especificidade necessária. Os anticorpos monoclonais (Mabs) de alta afinidade, produzidos para estes testes são extremamente sensíveis e específicos e representam uma forma adequada de padronização de um ELISA para detecção e quantificação do IFN-β. Neste estudo, quatorze MAbs anti-IFN-βforam obtidos através da imunização genética e parcialmente caracterizados. Todos reconheceram no ELISA o IFN-βhumano recombinante. Os MAbs anti-IFN-βidentificados como AE9, AG8, AE6, AH7, AA11, AB1 e AA4 foram os mais reativos. Todos os quatorze MAbs foram isotipados e apresentaram um perfil com simultânea expressão tanto de IgM quantode IgG2a. Este perfil não-usual foi confirmado pela reação em cadeia da polimerase precedida da transcrição reversa específica para IgG e IgM. Somente um MAb denominado AG8 reagiu em Western-blotcom a isoforma monomérica de 18 KDa do IFN-β. Este estudo representou o primeiro passo em direção ao propósito de obtenção do ELISA descrito acima.
Abstract: Beta interferon (IFN-β) is a globular protein consisting of five α-helical chains. As biopharmaceutical product it is mainly used for treatment of multiple sclerosis (MS). MS is a health disorder with no cure available so far. Its symptoms can be alleviated with immunomodulatory drugs. IFN-βis the most well characterized biopharmaceutical product in terms of structure and side affects. Two forms of human recombinant IFN-βare used in the treatment of MS: IFN-β-1a, expressed in Chinese hamster ovary cells, is similar to native IFN-β; and IFN-β-1b expressed in the Escherichia coli expression system. IFN-β-1b does not present glycosilation and therefore differs from native IFN-β. Tests to detect and to quantify IFNs are mainly enzyme-linked immunosorbent assays (ELISA). These tests are reliable and can be used in biopharmaceutical product development processes. Monitoring and quality control of IFN-βare quite important, mainly because of the physical and chemical nature of IFN-βas well the necessary sensitivity and specificity that allow for a precise characterization of the final product. Monoclonal antibodies (MAbs) used in ELISA to detect and quantify IFN-βusually present high affinity and specificity. In this study, fourteen MAbs against human recombinant IFN-βwere obtained by genetic immunization and partially characterized. All antibodies recognized human IFN-β. The anti-IFN-βMAbs AE9, AG8, AE6, AH7, AA11, AB1 and AA4 were the most reactives. All fourteen MAbs were subjected to antibody isotype characterization and presented a simultaneous expression of both IgM and IgG2a. Thisunusual profile was confirmed by specific reverse transcription polymerase chain reaction for IgG and IgM messenger RNA. Only MAb AG8 recognized the 18 KDa isoform of IFN-β. This study represents the first step towards the development of the ELISA described above.
Keywords: Antibodies, Monoclonal
Interferon-beta
Vaccines, DNA
Genetic immunization
keywords: Anticorpos Monoclonais
Interferon beta
Vacinas de DNA
Imunização genética
DeCS: Anticorpos Monoclonais
Interferon beta
Vacinas de DNA
Issue Date: 2009
Publisher: Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos.
Citation: OLIVEIRA, Carina Cantelli Pacheco de. Metodologias iniciais para implementação de um ELISA para detecção do interferon beta humano recombinante (1A) com aplicação no controle de qualidade de Bio-Manguinhos. 2009. 71 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologia de Imunobiológicos) – Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, em parceria com o Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2009.
Date of defense: 2009
Place of defense: Rio de Janeiro / RJ
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos em parceria com o Instituto Oswaldo Cruz
Program: Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBCM - Dissertações de Mestrado
Biomanguinhos - Dissertações de Mestrado dos Profissionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
carina-cantelli-pacheco-de-oliveira.pdfDocumento principal4.02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.