Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/6047
Title: Análises espaciais na identificação das áreas de risco para a esquistossomose mansônica no município de Lauro de Freitas, Bahia, Brasil / Identification of schistosomiasis risk areas using spatial analysis in Lauro de Freitas, Bahia State, Brazil
Authors: Cardim, Luciana Lobato
Ferraudo, Antonio Sergio
Pacheco, Selma Turrioni Azevedo
Reis, Renato Barbosa
Silva, Marta Mariana Nascimento
Carneiro, Deborah Daniela M. Trabuco
Bavia, Maria Emilia
Affilliation: Universidade Federal da Bahia. Escola de Medicina Veterinária. Salvador, BA, Brasil / Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas. Lauro de Freitas, BA, Brasil
Universidade Estadual Paulista. Departamento de Ciências Exatas. Jaboticabal, SP, Brasil
Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas. Departamento de Vigilância à Saúde. Lauro de Freitas, BA, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Universidade Federal da Bahia. Escola de Medicina Veterinária. Salvador, BA, Brasil / Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas. Lauro de Freitas, BA, Brasil
Universidade Federal da Bahia. Escola de Medicina Veterinária. Salvador, BA, Brasil / Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas. Lauro de Freitas, BA, Brasil
Universidade Federal da Bahia. Escola de Medicina Veterinária. Salvador, BA, Brasil / Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas. Lauro de Freitas, BA, Brasil
Abstract: A disseminação da esquistossomose mansônica vem desafiando o sistema de saúde brasileiro, deixando clara a necessidade da reavaliação das estratégias do programa de controle da endemia. O objetivo deste trabalho foi delimitar as áreas geográficas de risco para a esquistossomose em Lauro de Freitas, Bahia, Brasil, e estabelecer o perfil epidemiológico e socioeconômico da doença no município. Utilizou-se o estimador de densidade de Kernel para a identificação visual de aglomerados de casos e a análise de varredura espaço-temporal de Kulldorff & Nagarwalla para a obtenção de aglomerados com significância estatística e mensuração do risco. As duas técnicas identificaram quatro áreas de risco para a doença no município, com indicadores socioeconômicos mais baixos que as áreas fora dos aglomerados. A análise de correspondência múltipla mostrou um perfil diferenciado nos pacientes positivos para a esquistossomose pertencentes ao aglomerado primário. As técnicas empregadas se configuram em uma importante aquisição metodológica para a vigilância e controle da doença no município.
Abstract: The spread of schistosomiasis mansoni defies efforts by Brazil's Unified National Health System, thus demonstrating the need to reassess endemic control programs in the country. The aim of this study was to demarcate geographic areas at risk of schistosomiasis in Lauro de Freitas, Bahia State, Brazil, and to establish the epidemiological and socioeconomic profile of the disease in this municipality (county). Kernel density estimator exploratory analysis was used for visual identification of areas at risk. Kulldorff & Nagarwalla's spatial analysis was used to obtain statistically significant clusters and to measure risk. These technologies identified four risk areas for schistosomiasis. Clusters identified within the risk areas were characterized by lower socioeconomic conditions. Multiple correspondence analyses showed a distinct profile for positive patients in the primary cluster. The techniques employed here represent an important methodological acquisition for tracking and controlling schistosomiasis in Lauro de Freitas.
Keywords: Schistosomiasis Mansoni
Spatial Analysis
Risk Zone
DeCS: Doenças Endêmicas
Esquistossomose mansoni
Zona de Risco
Brasil
Escolaridade
Sistemas de Informação Geográfica
Esquistossomose mansoni
Fatores Socioeconômicos
Adolescente
Adulto
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Lactente
Recém-Nascido
Masculino
Issue Date: 2011
Citation: CARDIM, L. L. et al. Análises espaciais na identificação das áreas de risco para a esquistossomose mansônica no município de Lauro de Freitas, Bahia, Brasil / Identification of schistosomiasis risk areas using spatial analysis in Lauro de Freitas, Bahia State, Brazil. Cadernos de Saúde Pública, v. 27, n. 5, p. 899-908, maio. 2011.
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:BA - IGM - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cardim, Luciana Lobato Análises espaciais....pdf636.31 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.