Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/6057
Title: Ocular lesions in sickle cell disease patients from Bahia, Brazil / Lesões oculares em pacientes com doença falciforme da Bahia, Brasil
Authors: Cury, Dayse
Boa-Sorte, Ney Cristian Amaral
Lyra, Isa Menezes
Zanette, Angela Maria Dias
Lima Filho, Humberto Castro
Castro Filho, Bernardo Galvão
Gonçalves, Marilda de Souza
Affilliation: Instituto Brasileiro de Oftalmologia e Prevenção a Cegueira. Salvador, BA, Brasil / Fundação para o Desenvolvimento das Ciências da Bahia. Escola de Medicina e Saúde Pública da Bahia. Salvador, BA, Brasil
Fundação para o Desenvolvimento das Ciências da Bahia. Escola de Medicina e Saúde Pública da Bahia. Salvador, BA, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia. Salvador, BA, Brasil
Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia. Salvador, BA, Brasil
Instituto Brasileiro de Oftalmologia e Prevenção a Cegueira. Salvador, BA, Brasil / Fundação para o Desenvolvimento das Ciências da Bahia. Escola de Medicina e Saúde Pública da Bahia. Salvador, BA, Brasil
Fundação para o Desenvolvimento das Ciências da Bahia. Escola de Medicina e Saúde Pública da Bahia. Salvador, BA, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz Salvador, BA, Brasil / Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Farmácia. Departamento de Análises. Salvador, BA, Brasil
Abstract: O presente estudo teve como objetivo descrever as alterações oculares em pacientes portadores de doença falciforme, na Bahia, um estado do Nordeste, que tem a maior prevalência da doença no Brasil. MÉTODOS: Nós conduzimos um estudo de corte transversal em um grupo de 146 (292 olhos) pacientes com Doença Falciforme (90 HBSS e 56 HBSC). Para exame oftalmológico foi realizada oftalmoscopia binocular indireta complementada pela retinografia fluorescente para detecção de lesões retinianas decorrentes da Doença Falciforme. RESULTADOS: As lesões mais frequentemente encontradas foram o aumento da tortuosidade vascular e "black sumburst" Retinopatia proliferativa foi encontrada em 22 (12,2 por cento) olhos de pacientes HBSS e 25 (22,3 por cento) olhos de pacientes HBSC (OR=2.06; CI95 por cento: 1.5-4.06, p=0. 022); essa frequência foi maior entre os pacientes HBSS com idade entre 20 - 39 anos, enquanto que nos pacientes HBSC foi maior nos acima de 40 anos (35.7 por cento e 42.8 por cento), decaindo abruptamente após essa idade. CONCLUSÃO: Retinopatia proliferativa foi descrita por volta dos dez anos de idade em ambos os grupos. A prevalência da retinopatia falciforme proliferativa pode resultar em cegueira e o conhecimento das alterações oculares mais prevalentes e idade de risco destas em pacientes com Doença Falciforme será importante para estabelecer um protocolo de acompanhamento oftalmológico, para prevenir um dano visual clinicamente grave, aumentando a qualidade de vida destes pacientes.
Abstract: The present study aims to describe ocular alterations in sickle cell disease patients in Bahia, a Northeast state, with the highest prevalence of the disease in Brazil. METHODS: We carried out a cross-sectional study in a group of 146 (292 eyes) sickle cell disease patients (90 HBSS and 56 HBSC). Ophthalmologic examination including indirect binocular ophthalmoscopy was performed. Examination was completed by fluorescein angiography to detect retinal lesions. RESULTS: The most frequent ocular lesions identified were "vascular tortuosity" and "black sunburst". Proliferative retinopathy was found in 22 (12.2 percent) eyes of HBSS patients and 25 (22.3 percent) eyes of HBSC patients (OR=2.06; CI95 percent: 1.5-4.06, p=0.022); Its frequency was higher among HBSS patients aged 20-39 years, while in HBSC patients, it peaked after 40 years (35.7 percent and 42.8 percent) and dropped sharply afterwards. CONCLUSION: Proliferative retinopathy was described as early as 10 years of age in both patients groups. Proliferative sickle retinopathy can result in blindness and the knowledge of the most prevalent ocular alterations and age risk will be important to establish a protocol of ophthalmologic follow-up, in order to prevent a severe visual loss and increase patient's life quality.
Keywords: Anemia, sickle cell
Hemoglobin SC disease
Eye injuries
Retinal diseases
DeCS: Anemia Falciforme
Doença da Hemoglobina SC
Traumatismos Oculares
Doenças Retinianas
Brasil
Estudos Transversais
Humanos
Adulto Jovem
Adulto
Issue Date: 2010
Citation: CURY, D. et al. Ocular lesions in sickle cell disease patients from Bahia, Brazil / Lesões oculares em pacientes com doença falciforme da Bahia, Brasil. Revista Brasileira de Oftalmologia, v. 69, n. 4, p. 259-263, july-aug. 2010.
ISSN: 0034-7280
Copyright: open access
Appears in Collections:BA - IGM - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cury, Dayse et al. Ocular lesions....pdf463.66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.