Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/6188
Title: Competência em saúde mental (Mental Health Literacy): do conceito às estratégias na questão do suicídio no Brasil
Advisor: Estellita-Lins, Carlos Eduardo Freire
Members of the board: Silva, Cícera Henrique da
Belisário Filho, José Ferreira
Guimarães, Maria Cristina Soares
Estellita-Lins, Carlos Eduardo Freire
Authors: Oliveira, Verônica Miranda de
Coadvisor: Guimarães, Maria Cristina Soares
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Segundo a Organização Mundial de Saúde, estima-se que as perturbações mentais e comportamentais afetem 25% da população em algum momento da vida. Existem evidências de que algumas modalidades de intervenção primária possam reduzir os fatores de risco e fortalecer os fatores protetores, diminuindo a incidência e prevalência de algumas doenças mentais. Uma das formas de se fazer intervenção primária diz respeito às ações de comunicação e informação para os usuários, como mostram pesquisas feitas na Austrália sobre competência em saúde mental (mental health literacy). Este termo foi cunhado por Jorm (1997) para descrever como o conhecimento e as crenças sobre os transtornos mentais podem auxiliar em seu reconhecimento, gestão e prevenção. Este trabalho tem como objetivo identificar estratégias e iniciativas no campo da competência em saúde mental, desenvolvidas em diferentes realidades culturais, com vistas a contribuir com as políticas públicas de saúde no Brasil, sobretudo com o campo da promoção de saúde mental voltado para a depressão e para o suicídio. Para realizá-lo, foi feita uma busca bibliográfica nas bases de dados da Web of Science, Psycoinfo e Pubmed, utilizando como descritor ‘mental health literacy’, no período de 1997 a 2010. Como se pôde verificar na literatura estudada, é imprescindível o desenvolvimento de pesquisas (em saúde mental) que visem o reconhecimento dos problemas de competência em saúde mental, para a implementação de políticas públicas na área de saúde mental no Brasil.
Abstract: According to the World Health Organization, it is estimated that the mental and behavioral disorders affect 25% of the population at some point in life. There are evidences that some primary intervention modalities can reduce risk factors and strengthen protective factors, reducing the incidence and prevalence of some mental illnesses. One way of doing primary intervention concerns the actions of communication and information for users, as shown by researches done in Australia on mental health literacy. This term was coined by Jorm (1997) to describe how knowledge and beliefs about mental disorders may assist in recognition, management and prevention. This study aims to identify strategies and initiatives in the field of mental health literacy, developed in different cultural realities, in order to contribute to public health politics in Brazil, especially to the field of mental health promotion (aimed at) focused on depression and suicide. To accomplish it, we made a literature search in databases of Web of Science, Psycoinfo and Pubmed using ‘mental health literacy’ as a descriptor, in the period 1997 to 2010. As shown in the literature studied, it is absolutely necessary the development of some research aimed to recognizing the problems of mental health literacy for the implementation of public politics on mental health in Brazil.
keywords: Competência em saúde mental
Informação
Políticas públicas
Depressão e suicídio
Depressão
DeCS: Saúde Mental
Políticas Públicas
Competência Mental
Suicídio
Informação
Saúde Pública
Issue Date: 2011
Citation: OLIVEIRA, Verônica Miranda de. Competência em saúde mental (Mental Health Literacy): do conceito às estratégias na questão do suicídio no Brasil. 2011. Dissertação (Mestrado em Informação e Comunicação em Saúde) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2011.
Date of defense: 2011
Place of defense: Rio de Janeiro / RJ
Department: Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - PPGICS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação veronica 05.11.12.pdf1.07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.