Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/6680
Title: A population-based study on binge drinking among elderly Brazilian men: evidence from the Belo Horizonte and Bambuí health surveys
Other Titles: Estudo de base populacional sobre consumo excessivo de álcool entre homens idosos: evidências dos inquéritos de saúde de Belo Horizonte e Bambuí
Authors: Prais, Hugo Alejandro Cano
Loyola Filho, Antônio Ignácio de
Firmo, Josélia Oliveira Araújo
Costa, Maria Fernanda Lima
Demicheli, Maria Elizabeth Uchôa de Oliveira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Rene Rachou. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/Universidade Federal de Minas Gerais. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/ Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Post-Graduate Program in Health Sciences. Belo Horizonte, MG, Brazil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Rene Rachou. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/Universidade Federal de Minas Gerais. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/ Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Post-Graduate Program in Health Sciences. Belo Horizonte, MG, Brazil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Rene Rachou. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/Universidade Federal de Minas Gerais. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/ Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Post-Graduate Program in Health Sciences. Belo Horizonte, MG, Brazil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Rene Rachou. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/Universidade Federal de Minas Gerais. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/ Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Post-Graduate Program in Health Sciences. Belo Horizonte, MG, Brazil/ Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Department of Preventive and Social Medicine. Belo Horizonte (MG), Brazil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Rene Rachou. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/Universidade Federal de Minas Gerais. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte MG, Brazil/ Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Post-Graduate Program in Health Sciences. Belo Horizonte, MG, Brazil/ Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Department of Mental Health. Belo Horizonte, MG, Brazil
Abstract: OBJETIVOS: Determinar a prevalência e fatores associados ao consumo episódico excessivo de álcool em duas populações idosas (≥ 60 anos). MÉTODO: Foi selecionada uma amostra probabilística de 685 idosos na Região Metropolitana de Belo Horizonte e 642 (92,6% do total de residentes) idosos na cidade de Bambuí (15.000 habitantes), ambas situadas em Minas Gerais. A variável dependente do estudo foi consumo de ≥ 5 drinques em uma única ocasião nos últimos 30 dias e as variáveis independentes incluíram características sociodemográficas, rede social de apoio, condições de saúde e usos de serviços de saúde. RESULTADOS: A prevalência deste consumo foi maior na Região Metropolitana de Belo Horizonte (27,0%) do que em Bambuí (13,7%). Na análise multivarida, pior percepção da saúde foi a única característica que persistiu associada ao consumo episódico excessivo de álcool em ambas as populações (RP = 0,62; IC95% 0,45-0,85 e 0,57; 0,40-0,83, respectivamente). Por outro lado, duas diferenças foram encontradas: 1) na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o consumo excessivo de álcool apresentou associação significante com maior escolaridade 8+ anos (RP = 1,55; IC95% 1,07-2,26) e com incapacidade funcional (PR = 0,12; IC 95% 0,02-0,83); 2) em Bambuí, observou-se associação independente entre esse consumo e ser divorciado ou separado (RP = 2,49; IC 95% 1,55-3,99). CONCLUSÕES: Os resultados mostram que diferenças na prevalência e fatores associados ao consumo episódico excessivo de álcool podem ser observadas entre populações de um mesmo país, provavelmente devido a influências socioculturais
Abstract: OBJECTIVES: To assess the prevalence and factors associated with binge drinking in two populations of older adults (≥ 60 years). METHOD: A random sample of 685 subjects in the metropolitan area of Belo Horizonte (4.4 million inhabitants) and 643 subjects (92.7% from total residents) in Bambuí City (15,000 inhabitants), both in Southeast Brazil, participated in the study. The dependent variable was binge drinking (≥ 5 drinks on a single occasion in the last 30 days), and independent variables included sociodemographic characteristics, social network, health conditions and use of health services. RESULTS: The prevalence of binge drinking was higher in the metropolitan area of Belo Horizonte (27.0%) than in Bambuí (13.7%). In the multivariate analysis, worse self-rated health was the only variable associated with binge drinking in both populations (Prevalence ratios PR 0.62; 95%CI 0.45-0.85 and 0.57; (0.40-0.83), respectively). On the other hand, two important differences were found: 1) in the metropolitan area of Belo Horizonte, binge drinking was associated with higher school level 8+ years (PR = 1.55; 95%CI 1.07-2.26) and functional disability (PR = 0.12); 95%CI (0.02-0.83) 2) in Bambuí, binge drinking was associated with being divorced or separated (PR = 2.49; 95%CI 1.55-3.99). CONCLUSIONS: Among older adults, differences of prevalence and factors associated with binge drinking can be found in a same country, probably due to sociocultural influences
Keywords: Alcohol drinking
Elderly
Epidemiology
Brazil
Binge drinking
Associated factors
keywords: Consumo de bebidas alcoólicas
Idoso
Epidemiologia
Brasil
Consumo episódico excessivo de álcool
Fatores associados
Issue Date: 2008
Citation: PRAIS, Hugo A C et al. A population-based study on binge drinking among elderly Brazilian men: evidence from the Belo Horizonte and Bambuí health surveys. Rev. Bras. Psiquiatr. 2008, vol.30, n.2, pp. 118-123.
DOI: 10.1590/S1516-44462008005000008
ISSN: 1516-4446
Copyright: open access
Appears in Collections:MG - IRR - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
126. PRAIS HAC, LOYOLA FILHO AI.pdf1.25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.