Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/6971
Title: Epidemias causadas pelo vírus dengue tipo 2 (DENV-2) no Estado do Rio de Janeiro: estudo da viremia após a re-emergência de uma nova linhagem
Advisor: Filippis, Ana Maria Bispo de
Nogueira, Rita Maria Ribeiro
Members of the board: Araújo, Josélio Maria Galvão de
Baptista, Márcia Leite
Silva, Edson Elias da
Costa, Filipe Anibal Carvalho
Motta, Fernando do Couto
Authors: Nunes, Priscila Conrado Guerra
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Desde a introdução do dengue sorotipo 2 (DENV-2) em 1990, o estado do Rio de Janeiro registrou mais duas epidemias associadas a este sorotipo em 1998 e 2008 respectivamente. A epidemia de 2008 foi considerada a de maior magnitude não apenas em número de casos notificados, como também em número de casos graves e fatais. Durante essa epidemia, o número de casos reportados em todo o país foi de 806.036, ultrapassando em número de casos da epidemia de dengue 3 (DENV-3), até então considerada a maior já registrada no país. A análise filogenética das cepas de DENV-2 isoladas no Rio de Janeiro durante as epidemias de 1990, 1998 e 2008, demonstrou que apesar de pertencerem ao mesmo genótipo (Americano/Asiático), os vírus isolados em 2008 são geneticamente distintos e, agrupados em uma linhagem distinta classificada como linhagem II, dos vírus de 1990 e 1998 pertencentes à linhagem I. Considerando-se que a epidemia de 2008 foi a mais grave já descrita no Brasil em número de casos e óbitos, o objetivo principal desse estudo é investigar se esta nova linhagem pode ter contribuído para este perfil patogênico. Para tal, utilizando o PCR em tempo real quantificamos a viremia produzida pelas duas linhagens a partir de amostras de soros agudos de 102 casos de DENV-2, confirmados por Isolamento viral e/ou RT-PCR e, selecionados de acordo com o período de circulação de cada linhagem. A quantificação do RNA viral foi realizada de acordo com o protocolo descrito Poersch, 2005. A carga viral obtida nas amostras correspondentes às duas linhagens foi correlacionada com a gravidade da doença utilizando-se como critério a classificação clínica de casos de dengue segundo a OMS, com a idade, sexo, dias de doença e tipo de infecção (primária ou secundária). Os títulos da carga viral da linhagem II foram mais elevados do que os da linhagem I (p=0,001). A viremia foi mais elevada nas amostras da linhagem II, com significancia quando correlacionada com a forma grave da doença (p=0,001). Este estudo demonstrou que o vírus é um fator importante na complexa dinâmica da gravidade da doença. O fato de não encontramos associação entre tipo de infecção, idade, sexo e dias de doença com gravidade e carga viral durante o período em que circulou apenas a linhagem I, confirma a nossa hipótese de que a linhagem II era mais virulenta e foi um fator importante para a gravidade dos casos ocorridos na epidemia de 2008.
Abstract: Since the introduction of dengue serotype 2 (DENV-2) in 1990, two additional epidemics associated with this serotype occurred in 1998 and 2008 respectively. The epidemic of 2008 was considered to be of greater magnitude not only in number of reported cases, but also in number of severe and fatal cases. During this epidemic, the number of reported cases in country was 806,036, exceeding the number of DENV-3 cases reported in the 2002 epidemic, hitherto considered the largest ever recorded in the country. Phylogenetic analysis of DENV-2 strains isolated during the epidemics of 1990, 1998 and 2008 in the state of Rio de Janeiro, showed that despite belonging to the same genotype (American / Asian), the viruses isolated in 2008 are genetically distinct and grouped into a distinct lineage of viruses from 1990 and 1998. Considering that the epidemic of 2008 was the most severe reported in Brazil in number of cases and deaths, the main objective of this study was to investigate whether this new strain may have contributed to this severity observed in cases occurred during the 2008 epidemic. To this end, using real time PCR the viral load produced by the two lineages was quantified in sera of 102 DENV-2 cases previously confirmed by virus isolation and/or RT-PCR selected according the period of lineages circulation. The viral RNA quantification was performed according to the protocol described by Poersch (2005). The viral load obtained in samples corresponding to the two lineages was correlated with disease severity following WHO clinical classification criteria, with age, gender, immunological status (primary and secondary dengue infection) and day of illness. The viral load observed in lineage II were higher than those from lineage I (p = 0.001). Higher viraemia was observed in severe cases from lineage II when those were compared to those cases from lineage I (p = 0.001). This study demonstrated that the virus is an important factor in the complex dynamic of the disease severity and the fact that we found no association between type of infection, age, gender and day of disease severity suggests that the lineage II was more virulent and was an important factor in the severity of cases occurred in 2008 epidemic.
DeCS: Dengue/ epidemiologia
Viremia
Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
Brasil/epidemiologia
Carga Viral/ estatística & dados numéricos
Issue Date: 2012
Publisher: Instituto Oswaldo Cruz
Citation: NUNES, Priscila Conrado Guerra. Epidemias causadas pelo vírus dengue tipo 2 (DENV-2) no Estado do Rio de Janeiro: estudo da viremia após a re-emergência de uma nova linhagem. 2012. 116f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ, 2012.
Date of defense: 2012-03-29
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Medicina Tropical
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
priscila_nunes_ioc_mest_2012.pdf1.78 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.