Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/8833
Title: Políticas de redução de danos no Brasil: contribuições de um programa norte-americano
Other Titles: Harm Reduction Policies in Brazil: contributions of a North American Program
Authors: Inglez-Dias, Aline
Ribeiro, José Mendes
Bastos, Francisco Inácio Pinkusfeld Monteiro
Page, Kimberly
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
University of California. Department of Epidemiology and Biostatistics. San Francisco,CA, United States of America
Abstract: Considerando a disseminação da epidemia de HIV e o controle de sua transmissão entre usuários de drogas injetáveis (UDI), estratégias de redução de danos foram incorporadas em diversos países, incluindo o Brasil. Considerando a emergência das drogas como tema central na agenda governamental, especialmente o crack, o presente artigo registra e discute as práticas observadas em um programa de pesquisa e atenção aos UDI: o UFO. Foram considerados aspectos tais como acesso e adesão do usuário, dificuldades de financiamento, sustentabilidade e avaliação de resultados. As etapas do estudo envolveram pesquisa documental, observação sistemática e entrevistas com informantes- chave. Destacamos características do UFO que poderiam contribuir para políticas de redução de danos no cenário brasileiro. O programa estudado se apresenta como um exemplo exitoso de iniciativas de redução de danos, obtendo sucesso no acesso e adesão desse grupo, favorecendo seu acesso aos serviços de saúde e prevenção de riscos associados ao uso de drogas.
Abstract: Given the rapid spread of the HIV epidemic and the need to control its transmission among intravenous drug users (IDU), harm reduction strategies have been incorporated in many countries, including Brazil. Considering these aspects and taking into account the emergence of drugs as a core concern on the government’s agenda, especially crack cocaine, this article presents some of the contributions acquired from observing and recording the practices of an American model of research and care for IDUs, namely the UFO (You Find Out) Study. Issues such as participants’ access and adherence, financing difficulties, sustainability and outcome evaluation were considered. The study involved documental research, systematic observation and interviews with key informants. Some of the UFO features that could contribute to the formulation of harm reduction policies in Brazil are highlighted. The UFO appears to be a successful example of harm reduction initiatives that successfully contact and guarantee the commitment of that risk group, ensuring its access to health services and reducing risks associated with drug use
DeCS: Redução do Dano
Usuários de Drogas
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/prevenção & controle
Políticas Públicas de Saúde
Issue Date: 2014
Publisher: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Citation: INGLEZ-DIAS, A. et al. Políticas de redução de danos no Brasil: contribuições de um programa norte-americano. Ciência & saúde coletiva. 2014, v.19, n.1, p. 147-158, 2014
DOI: ttp://dx.doi.org/10.1590/1413-81232014191.1778
ISSN: 1413-8123
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Políticas de redução de danos no Brasil.pdf105.22 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.