Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/9189
Title: Morbimortalidade de homens jovens brasileiros por agressão: expressão dos diferenciais de gênero
Other Titles: Morbidity and mortality of young brazilian men due to aggression: expression of gender differentials
Authors: Souza, Edinilsa Ramos de
Gomes, Romeu
Silva, Juliana Guimarães e
Correia, Bruna Soares Chaves
Silva, Marta Maria Alves da
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Centro Latino Americano de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Carelli. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Centro Latino Americano de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Carelli. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Centro Latino Americano de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Carelli. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Centro Latino Americano de Estudos sobre Violência e Saúde Jorge Carelli. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Ministério da Saúde. Área Técnica de Vigilância e Prevenção de Violências e Acidentes. Coordenação Geral de Doenças e Agravos não Transmissíveis. Departamento de Análise de Situação em Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Brasília, DF, Brasil.
Abstract: Analisa-se a mortalidade, internação hospitalar e atendimentos de emergência por agressão no Brasil, de 1996 a 2007. As fontes dos dados são o Sistema de Informação sobre Mortalidade/ SIM, o Sistema de Informação Hospitalar/SIH e o Sistema de Vigilância das Violências e Acidentes/ VIVA, do Ministério da Saúde. Focaliza-se o sexo masculino e a faixa dos 15 aos 29 anos, além de outras variáveis referentes à vítima, ao agressor e ao evento. Encontram-se relações homem/mulher que são 11,6 vezes maiores na mortalidade, 4,5 vezes na internação e 2,8 vezes no atendimento de emergência. Em 2007, a taxa de mortalidade de homens de 15 a 29 anos foi 92,8/100.000 habitantes. As regiões Sudeste e Nordeste do país apresentam as maiores incidências e prevalências. Conclui- se destacando que o diferencial das taxas homem/ mulher ocorre a partir da adolescência, se intensifica na idade adulta jovem e, embora perca intensidade, permanece até o final da vida. Recorre- se a modelos culturais de gênero, além de aspectos socioestruturais para explicar tão marcadas diferenças.
Abstract: Mortality, hospitalization and emergency attendance visits for assault in Brazil, from 1996 to 2007 were analyzed. The data sources are the Mortality Information System/SIM, the Hospital Information System/SIH and the Surveillance System of Violence and Injuries/VIVA of the Ministry of Health. It was focused on males in the 15 to 29 year-old age group, and other variables related to the victim, the aggressor and the event. The male/ woman distribution was 11.6 times higher for mortality, 4.5 times for hospitalization and 2.8 times for hospital emergency treatment. In 2007 the rate of 15 to 29 year-old men was 92.8/100,000 inhabitants. The Southeast and Northeast have the highest incidence and prevalence. The conclusion was that the male/female differential rates occurs during adolescence, intensifies in early adulthood, and despite decreasing in intensity, continues until death. Cultural gender models and socio-structural aspects were examined to explain such marked differences.
Keywords: Aggression
Mortality
Morbidity
Emergency
keywords: Agressão
Mortalidade
Morbidade
Emergência
Jovem
DeCS: Agressão
Mortalidade
Morbidade
Emergências
Adolescente
Issue Date: 2012
Publisher: Associação brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Citation: SOUZA, Edinilsa Ramos de. et al. Morbimortalidade de homens jovens brasileiros por agressão: expressão dos diferenciais de gênero. Ciênc. saúde coletiva., Rio de Janeiro, v. 17, n. 12, p. 3243-3248, 2012.
ISSN: 1413-8123
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Morbimortalidade de homens jovens brasileiros por agressão....pdf94.23 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.