Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/10963
Title: Alterações neurocognitivas em crianças e adolescentes infectados pelo HIV
Advisor: Silva, Marcus Tulius Teixeira da
Authors: Aibe, Mitsue Senra
Coadvisor: Góes, Fernada Veiga de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira. Departamento de Ensino. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O HIV pode causar alterações neurocognitivas nas crianças infectadas, variando de manifestações menores sem comprometimento funcional até quadros graves de encefalopatia com perda progressiva dos marcos do desenvolvimento. O presente estudo tem como objetivo descrever as alterações neurocognitivas encontradas em crianças escolares e adolescentes infectados verticalmente pelo HIV em acompanhamento em centro terciário do Rio de Janeiro. Foram avaliados 27 pacientes, com idade entre seis e 16 anos, por meio de exame neurológico completo, aplicação da EIDHIV e do WISC IV. Foi realizada revisão de prontuário e entrevista com os responsáveis para coleta de dados socioeconômicos, história clínica e exames prévios. No estudo, 25,9% dos pacientes apresentavam alterações ao exame físico neurológico, sendo a manifestação mais frequente a síndrome tetrapiramidal (18,5%). Os exames de neuroimagem apresentavam alterações em 23% dos pacientes, sendo as mais frequentes as calcificações em núcleos da base (19,2%) e a atrofia cortical (11,5%). Na avaliação cognitiva, 33,3% dos pacientes apresentavam resultado do QI total extremamente baixo e, por terem associação com alterações neurológicas ou de neuroimagem, tiveram o diagnóstico de encefalopatia pelo HIV. Os fatores relacionados a maior risco de encefalopatia pelo HIV foram: sinais ou sintomas de imunodepressão grave (categoria C), dois ou mais anos de atraso escolar, cuidador principal com menos de cinco anos de escolaridade e ter resultado alterado na EIDHIV. Neste estudo não foi encontrada correlação entre CD4 nadir e encefalopatia pelo HIV.
Abstract: HIV can cause neurocognitive disorders in infected children, ranging from minor manifestations without functional deficits to severe encephalopathy with progressive loss of previously acquired skills. The present study aims to describe neurocognitive abnormalities found in school-aged children and adolescents vertically infected by HIV, attending a tertiary hospital in Rio de Janeiro. We evaluated 27 patients aged six to 16 years, through neurological examination and by using the International HIV-Dementia Scale(IHDS) and the WISCIV. We also reviewed medical charts and interviewed the parents in order to collect socioeconomic data, medical history and previous exams. 25.9% of patients had bnormalities on neurological exam, the most frequent manifestation was tetra-pyramidal syndrome. Neuroimaging abnormalities were found in 23% of patients, the most frequent were basal ganglia calcifications (19.2%) and cortical atrophy (11.5%). Regarding the cognitive evaluation, 33.3% of patients had extremely low IQ, associated with neurological or neuroimaging abnormalities, and therefore were diagnosed with HIV-related encephalopathy. Factors associated with increased risk of HIV-related encephalopathy were signs or symptoms of severe immunosuppression(category C), two or more years of delay in school, primary caregiver under five years of schooling and low results in IHDS. There was no correlation between CD4 nadir and encephalopathy.
Keywords: HIV
Children
Adolescents
Encephalopathy
AIDS Dementia Complex
Cognitive Disorders
Neurobehavioral Manifestations
keywords: HIV
Crianças
Adolescentes
Encefalopatia
Complexo de Demência da AIDS
Alterações Cognitivas
Manifestações Neurocomportamentais
DeCS: HIV
Criança
Adolescente
Encefalopatias
Complexo de Demência da AIDS
Manifestações Neurocomportamentais
Issue Date: 2014
Publisher: Instituto Fernandes Figueira
Citation: AIBE, Mitsue Senra. Alterações neurocognitivas em crianças e adolescentes infectados pelo HIV. 2014. 87 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Criança e da Mulher)-Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014.
Date of defense: 2014-08
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Departamento de Ensino
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
70118.pdf639.23 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.