Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13834
Title: Sentido do cuidado em saúde mental na rede de atenção psicossocial do Sistema Único de Saúde
Advisor: Moreno, Arlinda Barbosa
Members of the board: Moreno, Arlinda Barbosa
Estellita-Lins, Carlos Eduardo Freire
Lopes, Márcia Cavalcanti Raposo
Amado, Luiz Antônio Saléh
Santos, Marco Antônio Carvalho
Matta, Gustavo Corrêa
Authors: Fidelis, Ariélly Cristina
Coadvisor: Estellita-Lins, Carlos Eduardo Freire
Coordinator: Fontes, Virgínia Maria Gomes de Mattos
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Programa de Pós Graduação em Educação Profissional em Saúde
Abstract: Diferentes concepções de cuidado permeiam o setor da saúde e influenciam as práticas adotadas em todos os campos, inclusive o da saúde mental. Cada local de atendimento em saúde adota um perfil de cuidado, que nem sempre atende às reais necessidades da população. Este estudo buscou sentido para o cuidado em saúde mental na Rede de Atenção Psicossocial do Sistema Único de Saúde (SUS). O estudo configura-se metodologicamente como qualitativo de cunho fenomenológico, a partir do referencial hermenêutico de Heidegger. Para trilhar o caminho analítico tomou-se por inspiração, também, o referencial da Antropologia Visual e o seu fazer etnográfico. O esforço empreendido nesta pesquisa se deu a partir da seleção de 21 imagens fotográficas que retratam distintas vivências que apontam para o cuidado exercido no interior de diferentes dispositivos de saúde mental do Sistema Único de Saúde do Brasil. Cinco imagens retratam cenas de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), oito de Hospitais Psiquiátricos e oito de Residências Terapêuticas. A partir destas imagens, o sentido do cuidado exercido nos dispositivos da RAPS emergiu como ainda atrelado à noção de cuidado baseado nos procedimentos e ações efetivas, ao funcionamento considerado adequado exclusivamente desde o cumprimento de protocolos, critérios e atividades assistenciais preconizadas nos manuais. O cuidado considerado necessário para o âmbito da saúde mental é o que, certamente, contribui para a progressão da Reforma Psiquiátrica Brasileira, valoriza as pessoas, reconhece seus contextos de vida, se interessa por seus sentimentos e expectativas quanto ao que os profissionais podem vir a colaborar para a satisfação das necessidades, para a redução do seu sofrimento e para a reconfiguração dos dispositivos de saúde.
Abstract: Different conceptions of care permeat the health sector, playing important role in the practices adopted in all fields, including mental health. Each health device adopts a care profile, which does not always achieve the real needs of the population. This study sought meaning for mental health care in Psychosocial Care Network of the Brazilian Unified Health System (Rede de Atenção Psicossocial - RAPS of the Sistema Único de Saúde - SUS). The study has methodological and qualitative phenomenological nature, with the referential of heideggerian hermeneutics. To tread this analytical path took as an inspiration, also, referential of the Visual Anthropology and its ethnographic approach. The efforts undertaken in this research come up from the selection of 21 photographic images that depict different experiences about to the care exercised inside of some devices of SUS. Five images show scenes of Psychosocial Care Centers (Centros de Atenção Psicossocial - CAPS), eight are to looking for experiencies in psychiatric hospitals and eight are set up inside therapeutic residences (Programa de Residências Terapêuticas). From these images, the meaning of care exercised in the RAPS devices emerged as still linked to the notion of care based on procedures and effective action, operation considered appropriate only from compliance protocols, welfare criteria and activities recommended by manuals. The care deemed necessary for the scope of mental health is what certainly contributes to the progression of the Brazilian Psychiatric Reform, values people, recognizing their life contexts, their feelings and expectations as to what professionals can come to collaborate to meet the needs, to reduce their suffering and to the reconfiguration of health devices.
Keywords: Mental Health
Patient-Centered Care
Unified Health System
Ethnography
Photography
keywords: Saúde Mental
Cuidado Centrado no Paciente
Sistema Único de Saúde
Etnografia
Fotografia
DeCS: Saúde Mental
Assistência Centrada no Paciente
Sistema Único de Saúde
Antropologia Cultural
Fotografia
Issue Date: 2016
Publisher: EPSJV
Citation: FIDELIS, Ariélly Cristina. Sentido do cuidado em saúde mental na rede de atenção psicossocial do Sistema Único de Saúde. 2016, 174 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Rio de Janeiro, 2016
Date of defense: 2016-01-22
Place of defense: Rio de Janeiro, RJ
Department: Coordenação de Pós-Graduação
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:EPSJV - PPGEPS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ariélly_Fidelis_EPSJV_Mestrado_2015.pdf3.94 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.