Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/13924
Title: A Cooperação Internacional na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - ENSP da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz): desenvolvimento histórico e panorama atual, 2013
Other Titles: The International Cooperation at the National School of Public Health Sergio Arouca, ENSP of the Oswaldo Cruz Foundation Fiocruz: historical development and current situation, 2013
Advisor: Almeida, Celia Maria de
Authors: Camara, Erica Kastrup Bittencourt e
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Na América Latina, o desenvolvimento de Escolas de Saúde Pública (ESPs), desde a primeira metade do século XX, está historicamente relacionado à cooperação internacional (CI) e à influência norte-americana na região, sobretudo da Fundação Rockfeller, prevalecendo a perspectiva biomédica na organização da saúde pública em nível regional. Entretanto, desde a sua consolidação nos anos1960, a ENSP foi influenciada pelos preceitos da Medicina Social. Na década de 1970, a influência do movimento da medicina social latino-americana, a articulações de profissionais em nível regional e internacional, novos atores e projetos reunidos na ENSP contribuíram para o fortalecimento dessa característica, que alicerçou o desenvolvimento institucional da Escola. Na década seguinte, final dos anos 1970 e anos 1980, esse alinhamento foi confirmado pelo protagonismo da ENSP no avanço do Movimento pela Reforma Sanitária Brasileira, contribuindo de forma relevante para a elaboração do conceito de Saúde Coletiva, que embasou as atividades e ações do movimento reformista, assim como para a aprovação da reforma da saúde na nova Constituição brasileira de 1988 e, posteriormente (nos anos 1990), para a implementação do Sistema Único de Saúde (SUS). Essa dinâmica no Brasil foi praticamente antagônica ao observado na América Latina no mesmo período, quando a maioria dos países realizou reformas baseadas em princípios neoliberais. Nos anos 1990, a ENSP se beneficiou da cooperação internacional acadêmica, científica e tecnológica, ampliando a articulação com instituições de ensino e pesquisa no exterior. Nos anos 2000, a priorização da saúde na agenda da Política Externa Brasileira (PEB) estimulou uma nova atuação da ENSP (e da Fiocruz) na Cooperação Internacional em Saúde (CIS), que se caracterizou pelo privilegiamento das relações Sul-Sul. Esse processo inaugurou uma nova forma de relação da Fiocruz (e da ENSP) com a cooperação internacional brasileira em saúde, onde a instituição figurou como ponto focal da PEB nesse campo.(...) Seria oportuna uma melhor organização dos bancos de dados coletados na ENSP/Fiocruz sobre o tema, seja em relação ao processo de trabalho institucional ou da atuação política da ENSP no campo internacional, possibilitando análises mais refinadas.
Abstract: In Latin America, the development of Schools of Public Health (SPHs) since the first half ofthe 20th century is historically connected with international cooperation (IC) and United States influence in the region, particularly through the Rockefeller Foundation. In this process, the biomedical perspective predominated in the organisation of public health regionally. Nonetheless, Brazil s National School of Public Health (ENSP), since it was established in the 1960s, has been influenced by the principles of Social Medicine. In the 1970s, the influence of the Latin American social medicine movement, relations among health professionals regionally and internationally, new actors and projects concentrated in the ENSP all contributed to streng thening this characteristic underpinning the school s institutional development. Over the following decade, from the late 1970 sthrough the 1980s, this alignment was confirmed by the ENSP s leading role in advancing the Brazilian Health Sector Reform Movement: it contributed significantly to development of the conceptof Collective Health underlying the reform movement s activities and actions, as well as to approvalof the health sector reform in Brazil s 1988 Constitution and, subsequently, in the 1990s, to implementation of the Unified Health System (Sistema Único de Saúde, SUS). This dynamic in Brazilwent against the tide of what was seen in Latin America in the same period, when most countries carried out reforms grounded in neoliberal principles. In the 1990s, the ENSP benefited from international academic, scientific and technological cooperation, and expanded its interrelations with teaching and research institutions abroad. In the 2000s, the priority given to health on Brazil s Foreign Policy (BFP) agenda prompted new actions by the ENSP (and the Oswaldo Cruz Foundation, FIOCRUZ), prioritising South-South relations in International Cooperation in Health (SSICH). That process ushered in a new kind of relationship between the FIOCRUZ (and ENSP) and Brazil s international cooperation in health, with the FIOCRUZ constituting the focal point for BFP in this field. (...). It would appear to be a good time to organise better the ENSP/FIOCRUZ databases, as regards both the process of the ENSP s institutional work and its political action in the international field, so as to facilitate more refined analyses.
Keywords: International Cooperation
Public Health
Internationality
Schools, Public Health
Health Manpower
Institutionalization
Institutional Development
keywords: Cooperação Internacional
Saúde Pública
Internacionalidade
Escolas de Saúde Pública
Recursos Humanos em Saúde
Saúde Global
Institucionalização
Desenvolvimento Institucional
Análise Quantitativa
DeCS: Cooperação Internacional
Saúde Pública
Internacionalidade
Escolas de Saúde Pública/história
Recursos Humanos em Saúde
Institucionalização
Desenvolvimento Institucional
Issue Date: 2015
Citation: CAMARA, Erica Kastrup Bittencourt e. A Cooperação Internacional na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - ENSP da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz): desenvolvimento histórico e panorama atual, 2013. 2015. 127 f. Dissertação (Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2015.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
50.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.