Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/17260
Title: As políticas públicas de informação e o acesso livre à informação científica em saúde sobre as doenças negligenciadas: um estudo exploratório
Authors: Noronha, Ilma Horst
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Rio de Janeiro, Brasil
Abstract: O presente trabalho discute o acesso à informação científica em doenças negligenciadas no âmbito da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na perspectiva do Movimento do Acesso Livre. Apesar de serem responsáveis por quase a metade da carga de doenças dos países em desenvolvimento, os investimentos em pesquisa em doenças negligencias são, reconhecidamente, limitados e aquém do que seria necessário para a produção das inovações necessárias e urgentes no campo da saúde pública. O livre fluxo da informação científica apresenta-se como imperativo para alimentar a pesquisa e inovação na área. Para orientar tal discussão, abordam-se o papel central da comunicação na ciência, o seu compromisso social e as recentes transformações no setor das publicações científicas que apontam, entre outros aspectos, para a pouca visibilidade da produção científica dos países em desenvolvimento no cenário internacional. O movimento de resistência a esse cenário tem seu marco principal na chamada Reunião de Budapeste, em 2002. A pesquisa fundamentou-se no conceito de comunicação científica, ressaltando pilares da comunicação que se encontram interligados: a legitimidade ou confiabilidade, a revisão por pares, a acessibilidade e a publicidade. Da teoria ao campo empírico, o desafio que se colocou para a pesquisa foi conhecer quais seriam os obstáculos e os aspectos favoráveis ao desenvolvimento de uma política de acesso livre à informação científica em doenças negligenciadas no âmbito da Fiocruz. Buscou-se identificar, em caráter exploratório, indicações presentes na literatura e na realidade empírica alvo desta pesquisa, que pudessem apoiar e mesmo sustentar as linhas definidoras de uma política pública de acesso livre à informação científica em saúde. Os resultados confirmam o potencial do acesso livre para tal informação, ao mesmo tempo em que sugerem a importância de um movimento de conscientização e reflexão crítica sobre o tema, que oriente e contribua para a proposição de uma política pública de acesso livre à informação científica no campo da saúde, destacando-se àquela relativa às doenças negligenciadas.Palavras-chave: Políticas Públicas de Informação. Informação em Saúde. Doenças negligenciadas. Acesso livre.
keywords: Políticas Públicas de Informação
Informação em Saúde
Doenças Negligenciadas
Acesso Livre
Issue Date: 2012
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Cientifica e Tecnológica em Saúde.
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - RECIIS - Volume 6 - Número 2

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4.pdf205.78 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.