Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24640
Title: Reações adversas a medicamentos e abandono ao tratamento da tuberculose
Other Titles: Adverse drug reactions and abandonment to tuberculosis treatment
Advisor: Rozenfeld, Suely
Guaraldo, Lusiele
Authors: Damasceno, Glauciene Santana
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Introdução: A tuberculose é a doença que mais mata no mundo. No país, ela constitui a 4ª causa de mortalidade por doenças infecciosas, com cerca de 6 mil óbitos/ano. Esses óbitos são atribuídos principalmente ao uso irregular e ao abandono da farmacoterapia. No entanto, a tuberculose é curável em praticamente 100 por cento dos casos, desde que o regime terapêutico, preconizado pelo MS, seja cumprido corretamente. Os medicamentos são eficazes, mas podem ocasionar reações adversas e aumentar a proporção de pacientes que abandonam o tratamento.Objetivos: Caracterizar as reações adversas aos medicamentos (RAMs) antituberculose segundo a gravidade, causalidade e sistema-órgão afetado e analisar a sua relação com oabandono do tratamento da TB nos casos novos atendidos no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, Rio de Janeiro. Metodologia: Estudo de coorte retrospectivo, com revisão de prontuários de cento e setenta e seis pacientes considerados casos novos de tuberculose pulmonar, moradoresdo Complexo de Manguinhos, RJ, atendidos no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria (CSEGSF / ENSP / Fiocruz-RJ), no período de janeiro de 2004 a dezembro de 2008. Foram excluídos: os indivíduos não considerados casos novos de tuberculosepulmonar; acometidos por outros tipos de tuberculose. Foi realizada análise descritiva dos casos e análise estratificada, segundo o desfecho do tratamento. (...) Conclusões: Os pacientes do Complexo de Manguinhos, RJ, atendidos no CSEGSF / ENSP / FIOCRUZ apresentaram freqüência elevada de RAMs antituberculose.Ter apresentado reação adversa a medicamentos antituberculose conferiu efeito protetor para o abandono. A hipótese inicial de que desenvolver RAM seria fator de risco para o abandono não foi refutada pelo resultado, possível fruto de viés associado ao desenhodo estudo.
DeCS: Tuberculose/quimioterapia
Pacientes Desistentes do Tratamento
Antituberculosos/efeitos adversos
Issue Date: 2011
Citation: Damasceno, Glauciene Santana. Reações adversas a medicamentos e abandono ao tratamento da tuberculose. 2011. 94 f. Dissertação (Epidemiologia em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2011.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1073.pdf962.56 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.