Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/2554
Title: Saberes e esquemas de ação docente em saúde coletiva
Other Titles: Knowledge and action schemes lecturer in public health
Advisor: Hortale, Virginia Alonso
Members of the board: Ceccim, Ricardo Burg
Lima, Valéria Vernaschi
Moreira, Carlos Otávio Fiúza
Costa, Rafael Arouca Höfke
Hortale, Virginia Alonso
Authors: Oliveira, Gilson Saippa de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Esta tese destaca a polissemia de sentidos da docência como pressuposto de um maior alcance das aspirações presentes nos dispositivos tecnopolíticos e normativos do Sistema Único de Saúde – SUS que se dedicam as questões da formação dos profissionais de saúde. Nela, busca-se compreender e explicitar as fontes de saber de docentes do campo da Saúde Coletiva; caracterizar como nas suas práticas acadêmicas, esses saberes se expressam e estabelecer relações com uma formação voltada às aspirações da agenda reformista da saúde. O itinerário investigativo orientou-se pela perspectiva hermenêutica interpretativa com a valorização da produção de estranhamentos em relação aos significados da docência universitária a partir de movimentos sistemáticos e sinérgicos de “triangulação técnica” de documentos, entrevistas, observações e posterior confronto com o sentido atribuído por cada sujeito investigado às suas ações. Os achados indicam que as fontes de saber dos sujeitos da pesquisa são múltiplas, heterogêneas, compostas e sincréticas, adquirindo uma dimensão individual (características pessoais, história de vida, crenças, valores e afetos), bem como contornos dos saberes compartilhados e forjados coletivamente que têm como referência as clivagens e tensões presentes no campo de conhecimento, a relação com os pares acadêmicos e com o ensino das diferentes profissões da saúde. Os esquemas de ação se mostraram demarcadas pelo posicionamento no campo científico/disciplinar e profissional onde aprenderam, exercem suas atividades e surgem como resultado da apropriação de fragmentos, por vezes difusos, de saberes (normativos, científicos, disciplinares, profissionais, das finalidades da ação educativa e da experiência) que se mostram “alheios” ou “distantes” das diferentes correntes teóricas e metodológicas de ensino-aprendizagem e das iniciativas que buscam a produção de uma prática docente mais “homogênea” ou sistematizada. O processo de compreensão permite indicar que, no seu dia a dia, as discussões que demarcam a identidade do campo da Saúde Coletiva aparecem capturadas pelo que cada profissão necessita isoladamente. O exercício da docência é tensionado pelos constrangimentos institucionais e disciplinares das ementas, da cultura departamental, do curso ou mesmo, da legitimidade da disciplina dentro de cada curso. Dessa maneira, defende-se a necessidade de que se considere, quando da formulação das políticas, as implicações das culturas institucionais e do habitus docente no cotidiano dos processos de formação em tempos de SUS.
Abstract: This thesis highlights the polysemy of meanings of teaching as the presupposition of a bigger reach of aspirations present in the devices of technopolitics and normative Unified National Health System (SUS) that dedicate to the issues of training of health professionals. In it, we seek to understand and explain the sources of knowledge of teachers in the field of Collective Health; characterize as in their academic practices, these knowledge are expressed and establish relationships with a health education geared to the aspirations of the reformist agenda of health. The investigative itinerary was guided by hermeneutic interpretive approach to valuing the production of strangeness in relation to the meanings of the academic teaching from systematic and synergistic movements of "technique triangulation" of documents, interviews, observations and subsequent confrontation with the meaning assigned by each subject investigated their actions.The analyses led to the understanding that the research subjects are diverse, heterogeneous, composite and syncretic, acquiring an individual dimension (personal characteristics, life history, beliefs, values and emotions) and contours of shared knowledge and forged collectively that have as reference the divisions and tensions present in the field of knowledge, relationships with peers and academics with teaching the various health professions. The action of the schemes were demarcated by the scientific, professional and disciplinary position where they learned, have their practice and it emerge as a result of ownership of fragments, sometimes diffuse, of knowledge (normatives, scientific, disciplinary, professionals, with aim of the action education and experience) who appear "distant" from different theoretical perspectives and methodologies of teaching and learning and initiatives that seek to produce a teaching practice more "homogeneous" or systematic. The process of understanding reveals that, in their day by day, the discussions that mark the identity of the field of Collective Health appear captured by what each profession needs separately. The practice of teaching is tensioned by the disciplinary and institutional constraints of the syllabus, of the departmental culture, of the course or even of the legitimacy of the discipline within each course. Thus, it is argued the need to consider when formulating policy, the implications of institutional cultures and habitus in the daily teaching of training processes in times of Unified National Health System.
Keywords: Sistema único de saúde
Formação em saúde
Saúde coletiva
Docência universitária
Habitus docente
Keywords: Unified national health system
Education in health
Collective health
University faculty
Teaching habitus
keywords: Sistema Único de Saúde
Prática Profissional
Universidades
Educação em Saúde
Educação Superior
Docentes
Saúde Pública
DeCS: Sistema Único de Saúde
Prática Profissional
Universidades
Educação em Saúde
Educação Superior
Docentes -Educação Médica/recursos humanos
Issue Date: 2010
Citation: Rio de Janeiro s.n 2010 165p x
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENSP_Tese_Saippa_Gilson.pdf547.3 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.