Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/301
Title: Prevalência de doença mineral óssea em adolescentes com fibrose cística
Other Titles: Prevalence of bone mineral disease among adolescents with cystic fibrosis
Authors: Caldeira, Reinaldo José do Amaral
Fonseca, Vânia de Matos
Gomes Junior, Saint Clair
Chaves, Célia Regina Moutinho de Miranda
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: OBJETIVO: Avaliar a prevalência de doença mineral óssea em adolescentes com fibrose cística e associar os achados com as variáveis estudadas. MÉTODOS: Foram selecionados 37 adolescentes, dos quais foram avaliados: estado nutricional pelos índices de altura/idade e massa corporal/idade; densidade mineral óssea da coluna lombar e corpo inteiro por densitometria com emissão de raio X de dupla energia; ingestão dietética diária pelo registro alimentar de 3 dias; e prova de função pulmonar pelo volume expiratório forçado no primeiro segundo. RESULTADOS: A média de idade foi de 13,2 (±2,8) anos. O estado nutricional adequado foi de 70,3 e 75,7 por cento pelos índices de altura/idade e de massa corporal/idade, respectivamente; 54,1 por cento dos pacientes apresentaram redução da densidade mineral óssea para coluna lombar e 32,5 por cento para corpo inteiro. Houve correlação positiva entre densidade mineral óssea e índice de massa corporal (p = 0,04). A doença pulmonar e a insuficiência pancreática apresentaram correlação com a alteração da densidade mineral óssea. O inquérito alimentar revelou percentuais de adequação para o cálcio, fósforo e calorias, de acordo com a recomendação nutricional preconizada pelo Consenso Europeu de Fibrose Cística. Essas variáveis não se mostraram estatisticamente significantes na análise multivariada. CONCLUSÃO: A prevalência de doença mineral óssea é alta na adolescência. O estado nutricional adequado, a reposição de enzimas pancreáticas e o controle da doença pulmonar podem ter efeito protetor para a massa óssea.
Abstract: OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of bone mineral disease among adolescents with cystic fibrosis and to relate the findings with the variables studied. METHODS: The study enrolled 37 adolescents who were assessed for: nutritional status according to height/age and body mass/age ratios; bone mineral density of the lumbar spine and entire body by densitometry with dual emission X-ray; daily dietary intake according to a 3-day dietary recall; and pulmonary function by the forced expiratory volume in one second test. RESULTS: Mean age was 13.2 (±2.8) years. Nutritional status was adequate in 70.3 and 75.7 percent of patients according to the height/age and body mass/age indices, respectively; 54.1 percent of the patients exhibited reduced lumbar spine bone mineral density and 32.5 percent for the whole body. There was a positive correlation between bone mineral density and body mass index (p = 0.04). Lung disease and pancreatic insufficiency exhibited a correlation with altered bone mineral density. The dietary recall revealed adequate percentages of calcium, phosphorous and calories, according to the nutritional recommendations laid out in the European Cystic Fibrosis Consensus. The multivariate analysis indicated that these variables were not statistically significant. CONCLUSIONS: There is a high prevalence of bone mineral disease among adolescents. Good nutritional status, pancreatic enzyme replacement and control of lung disease may have a protective effect on bone mass.
Keywords: Densidade Óssea
Fibrose Cística
Adolescente
Keywords: Bone Mineral Density
Cystic Fibrosis
Adolescents
DeCS: Doenças Ósseas Metabólicas - etiologia
Fibrose Cística - complicações
Absorciometria de Fóton
Índice de Massa Corporal
Densidade Óssea
Doenças Ósseas Metabólicas - diagnóstico
Doenças Ósseas Metabólicas - epidemiologia
Volume Expiratório Forçado
Vértebras Lombares - cintilografia
Estado Nutricional
Osteoporose - diagnóstico
Osteoporose - epidemiologia
Osteoporose - etiologia
Prevalência
Espirometria
Issue Date: 2008
Citation: CALDEIRA, Reinaldo José do Amaral et al. Prevalência de doença mineral óssea em adolescentes com fibrose cística. J. pediatr. (Rio J.), Porto Alegre, v. 84, n. 1, p. 18-25, jan./fev. 2008.
DOI: 10.1590/S0021-75572008000100005
ISSN: 0021-7557
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Prevalencia de doença mineral.pdf106.51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.