Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/35730
Title: Avaliação da eficiência de uma estação de tratamento de efluente hospitalar através da detecção e caracterização molecular de pseudomonas aeruginosa na cidade do Rio de Janeiro
Advisor: Clementino, Maysa Beatriz Mandetta
Members of the board: Romão, Célia Maria Carvalho Pereira Araujo
Gonzalez, Alessandra Silva Morilla
Capasso, Ivano Raffaele Victorio de Filippis
Clementino, Maysa Beatriz Mandetta
Authors: Novaes, Rosa Maria Pinto de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O ambiente hospitalar é alvo de preocupação por parte da sociedade devido ao grande número de doentes em um mesmo local e pela diversidade de microrganismos encontrados, que estariam presentes também nos resíduos gerados. Os hospitais liberam, em seu esgoto, uma variedade de substâncias tais como fármacos, antibióticos, desinfetantes, anestésicos, metais pesados e drogas não metabolizadas por pacientes, que podem provocar um aumento das populações bacterianas multirresistentes. A Pseudomonas aeruginosa, devido à sua natureza ubíqua, é comumente encontrada no ambiente hospitalar, sendo considerada um dos patógenos mais relevantes. Este estudo abrange a discussão sobre as características microbiológicas de esgotos hospitalares, bem como os impactos do lançamento destes efluentes sem um pré-tratamento adequado em corpos receptores, cujos riscos associados incluem a disseminação de microrganismos patogênicos no ambiente. Desta forma, estudou-se a eficiência de um sistema de tratamento de esgoto hospitalar localizado na cidade do Rio de Janeiro através da identificação bioquímica e molecular dos isolados de P. aeruginosa, a determinação de seus perfis de sensibilidade aos antimicrobianos e o comportamento das mesmas ao longo do sistema. Foi detectada a presença de P. aeruginosa em todas as etapas do tratamento, cepas sensíveis e resistentes a cefepime, imipeném, aztreonam, gentamicina, ciprofloxacina, e norfloxacina, refletiram a diversidade dos isolados. Concluiu-se que o sistema de tratamento estudado não foi capaz de eliminar a P. aeruginosa do efluente tratado; que o método molecular foi mais sensível e eficiente que o convencional na identificação dos isolados e que cepas de P. aeruginosa multirresistentes estão sendo lançadas no meio ambiente. Estes resultados poderão permitir uma avaliação da influência do tratamento no comportamento de patógenos resistentes, evitando a disseminação desses organismos nos recursos hídricos.
Abstract: The hospital environment is causing concerning to the society, due the high number of patients in the same area and because of microbial diversity that have been found in its wastes. The hospitals release in their sewage a variety of substances including drugs, antibiotics, disinfectants, anesthetics, heavy metals and non-metabolized drugs, that can provide the development of multi-resistant bacterial communities. Pseudomonas areruginosa, due to et ubiquitous nature, is commonly found in the hospital environment, being considered one of the most relevant pathogen. This study includes the discussion about microbiological characteristics of hospital wastes, as the impact of the release of these effluents without adequate preliminary treatment into hydric resources, which associated risks include pathogenic microorganism spread in the environment. We analyzed a wastewater treatment plant in the Rio de Janeiro city efficiency by biochemical and molecular identification of P. aeruginosa isolates; the determination of their antimicrobial susceptibility and their behavior during the treatment process. We detected the presence of P. aeruginosa during all the treatment steps, and a number of susceptible and resistant strains against cefepime; imipeném; aztreonam; gentamicin; ciprofloxacina; and norfloxacina, reflecting the diversity of the isolates. We concluded that a) the treatment plant was not able to eliminate P. aeruginosa strains from the treated effluent b) the molecular approach was more sensible and efficient than conventional methodology for the isolates identification and c) the multresistant P. aeruginosa strains are currently released into the environment. These results will allow the assessment of the influence of treatment on resistant pathogens performance, avoiding their dissemination in water resources.
Keywords: Hospital Waste
Pseudomonas aeruginosa
Multi-Resistent Bactéria
16S rRNA gene
keywords: Esgoto hospitalar
Pseudomonas aeruginosa
Bactérias Multirresistentes
Gene 16S rRNA
DeCS: Pseudomonas aeruginosa
Bactérias
Águas Residuárias
Hospitais
Issue Date: 2009
Citation: NOVAES, R. M. P. Avaliação da eficiência de uma estação de tratamento de efluente hospitalar através da detecção e caracterização molecular de pseudomonas aeruginosa na cidade do Rio de Janeiro. 2009. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Vigilância Sanitária)- Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2009.
Date of defense: 2009
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Coordenação de Pós Graduação
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária
Copyright: open access
Appears in Collections:INCQS - Trabalhos de Conclusão de Curso - Especialização

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ESPECIALIZAÇÃO_Rosa_Maria_Pinto_de_Novaes.pdf719.85 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.