Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/36365
Title: Detecção de Trypanosoma cruzi em açaí: contribuição para o estudo da transmissão oral da Doença de Chagas
Advisor: Leite, Paola Cardarelli
Members of the board: Jacob, Silvana do Couto
Oliveira, Edna Maria Morais
Madeira, Maria de Fátima
Leite, Paola Cardarelli
Branquinho, Maria Regina
Authors: Ferreira, Renata Trotta Barroso
Coadvisor: Branquinho, Maria Regina
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: No Brasil, dentro e fora da Amazônia, vários casos de doença de Chagas aguda (DCA) foram registrados como surtos caracterizados por grupos de indivíduos reunidos em um só lugar, que, ao ingerir o mesmo tipo de alimento, adoeceram quase simultaneamente com febre e manifestações gerais de uma infecção sistêmica. Até o ano de 2004, a ocorrência da DCA por transmissão oral, relacionada ao consumo de alimentos, constituía um evento pouco conhecido ou investigado. Atualmente tornouse frequente na região amazônica e está relacionada à ocorrência de surtos recentes em diversos estados brasileiros. Os recentes casos de DCA no Brasil estão relacionados com o consumo de suco de açaí onde a contaminação da própria fruta ou polpa ocorre através de resíduos de animais reservatórios ou insetos vetores infectados com o Trypanosoma cruzi em áreas endêmicas. O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma metodologia de análise baseada na PCR para que produtos à base de açaí pudessem ser analisados quanto à presença de DNA de T. cruzi. Foram testados quatro métodos de extração de DNA e cinco pares de iniciadores para o ensaio de PCR. O método baseado no tampão CTAB foi escolhido e posteriormente uma validação desse método foi realizada. O método com o alvo nas sequências subteloméricas dos tripanosomatídeos foi escolhido para os ensaios de PCR e para isso foram realizados testes para avaliação de desempenho do método (limite de detecção, seletividade e estudo matriz). Após implantação do método, 140 amostras de alimentos à base de açaí foram coletadas no comércio dos estados do Rio de Janeiro e Pará. Treze amostras apresentaram resultado positivo para presença de T. cruzi. A caracterização molecular foi realizada seguindo o método da PCR multilocus e o resultado das amostras mostrou a prevalência dos genótipos TcI, TcIII e TcV. Este trabalho mostra pela primeira vez uma avaliação higiênico-sanitária quanto à presença de T. cruzi em amostras de alimentos à base de açaí coletadas no comércio do Pará e Rio de Janeiro, bem como a caracterização genotípica dessas amostras. A disponibilidade de um método para detecção de T. cruzi em alimentos será uma ferramenta poderosa na investigação epidemiológica de surtos, transformando evidências epidemiológicas em dados comprobatórios de que alimentos estejam efetivamente contaminados com T. cruzi. Além disso, facilitará o controle da qualidade dos alimentos e a avaliação das boas práticas de fabricação que envolvem produtos à base de açaí. Apesar de existirem importantes estratégias sendo implementadas, o Brasil ainda se encontra num estágio embrionário e pontual no combate à doença de Chagas transmitida pelo consumo de açaí. São necessárias ainda estratégias para garantir a inocuidade do açaí mantendo suas propriedades sensoriais e nutricionais. Assim as Boas Práticas de Higiene, Boas Práticas de Manufatura e a aproximação entre instituições de ciência e os produtores de açaí são essenciais para contribuir na solução deste problema.
Abstract: In Brazil, inside and outside the Amazon region, several cases of acute Chagas disease (ACD) have been recorded as an outbreak characterized by a group of individuals gathered in one place who, by ingesting the same type of food, became sick almost simultaneously with fever and general manifestations of a systemic infection. Up to the year 2004, the occurrence of ACD by oral transmission, as associated with food consumption, constituted a scarcely known or investigated event. By the same token, what was originally considered a sporadic and circumstantial occurrence has now become frequent in the Amazon region, which is associated with the occurrence of recent outbreaks in several Brazilian states. Recent cases of ACD in Brazil are related to the consumption of açai juice where contamination of fruit itself or pulp occurs through waste reservoir animals or insect vectors infected with Trypanosoma cruzi in endemic areas. The aim of this study was to develop a methodology based on PCR for acai-based products could be analyzed for the presence of T. cruzi. We tested four T. cruzi DNA extraction methods and five pairs of primers for the PCR assay. The method based on CTAB buffer was chosen and then a validation of this method was performed. The method with the target in subtelomeric sequences of trypanosomatides was chosen for PCR assays and tests were carried out for evaluation of method performance (detection limit, selectivity and matrix study). After implementation of the method, 140 samples of food the acai based were collected in trade in the states of Rio de Janeiro and Pará. Thirteen samples were positive for the presence of T. cruzi. Molecular characterization was performed following the method of multilocus PCR and the results of the samples showed the prevalence of genotypes TcI, TcIII and TCV. This work shows, for the first time, a hygiene and health evaluation for the presence of T. cruzi in food samples açaí-based collected in trade of Pará and Rio de Janeiro, as well as the genotypic characterization of these samples. The availability of the method for T. cruzi detection in food introduces a powerful tool in the epidemiological investigation of outbreaks as it turns epidemiological evidence into supporting data that serve to prove that foods are actually infected with T. cruzi. Furthermore, it facilitates both food quality control and the assessment of good manufacturing practices involving acai-based products. Although there are important strategies being implemented by Brazil to combat Chagas disease transmitted via food, there is still a need for incentives to search for that knowledge generated assist in understanding the oral transmission of this parasite and its better interpretation of epidemiological, prevention and control. Besides the implementation of Good Hygiene Practices, Good Manufacturing Practices and the rapprochement between science institutions and producers of acai to contribute in solving this problem.
Keywords: Chagas Disease
Trypanosoma cruzi
Açaí
Oral Transmission
Health Surveillance
keywords: Doença de Chagas
Trypanosoma cruzi
Açaí
Transmissão Oral
PCR
Genotipagem
Vigilância Sanitária
DeCS: Contaminação de Alimentos
Euterpe
Parasitologia de Alimentos
Trypanosoma cruzi
Doença de Chagas
Reação em Cadeia da Polimerase
Técnicas de Genotipagem
Vigilância Sanitária de Produtos
Issue Date: 2016
Citation: FERREIRA, R. T. B. Detecção de Trypanosoma cruzi em açaí: contribuição para o estudo da transmissão oral da Doença de Chagas. 2016. 161 f. Tese (Doutorado em Vigilância Sanitária)-Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro, 2016.
Date of defense: 2016
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Coordenação de Pós Graduação
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária
Copyright: open access
Appears in Collections:INCQS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Renata_Trotta_Barroso_Ferreira.pdf5.69 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.