Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/4516
Title: Modos de subjetivação na condição de aprendiz: uma análise de perspectivas educativas no âmbito do trabalho, da arte e da saúde
Other Titles: Subjetivacao manners in apprentice's condition: an analysis of educational perspectives in the ambit of the work, of the art and health
Advisor: Minayo Gomez, Carlos
Authors: Lima, Silvana Mendes
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Esta tese analisa os processos de produção de subjetividade engendrados nas ações educativas dirigidas a jovens pertencentes às zonas periféricas da cidade do Rio de Janeiro, tendo como campo de inspiração os trabalhos desenvolvidos por uma importante Organização Não-Governamental. Trata-se de uma experiência profissionalizante voltada à formação artístico-cultural que conjuga elementos advindos da música, do teatro e do circo. Buscamos compreender, a partir da composição saúde, trabalho e arte, os diferentes sentidos expressos na condição de aprendiz, tomando por empréstimo a acepção grega de um aprendiz experimentador de si. Tal acepção lança o jovem para além das significações dominantes, tornando o aprendizado um leque de possibilidades a ser continuamente inventado. Nesse percurso, damos visibilidade a uma experiência que enfrenta e cria alternativas aos embates vividos por uma juventude periférica frente aos modos de vida vigentes. Modos que tendem a se apropriar e a formatar, sobremaneira, o corpo e a condição de aprendiz. Esses embates e formatações, em nosso estudo, oscilam e materializam pólos, não excludentes, da Arte enquanto produto para o mercado e da Arte com processo de transformação dos modos de vida. Na ultrapassagem desses dilemas, encontramos uma multiplicidade de vínculos, variações e peculiaridades eselecidas por jovens num trabalho que sofre a intercessão da arte: espaço de convivência, de profissionalização, de socialização, do exercício do lúdico, da expansão de habilidades artísticas, entre outros. Neste sentido, concluímos que a experiência tomada como um dispositivo de análise configura uma espécie de laboratório social de experimentações singulares que ao entrelaçarem saúde, trabalho e arte produzem práticas sociais inovadoras, tornando-se referência para outras ações governamentais ou não-governamentais que têm como foco jovens aprendizes.
Abstract: This paper analyzes the processes involving subjectivity production engendered in educational actions directed to youngsters from Rio de Janeiro peripheral areas. It has been inspired by works developed by an important NGO: a professional qualification experimental activity directed to artistic-cultural education including elements from the spheres of music, theater and circus. We were determined to understand the several meanings expressed in the learners' condition from a perspective that composes health, work and art, having borrowed the Greek concept of self-experience learner. This notion sets youngsters beyond prevalent meanings and envisions learners as individuals full of possibilities that can be continuously invented. From such perspective, we were able to detect experiences that face and create alternatives to conflicts undergone by peripheral youth, confronted by prevailing ways of life that tend, above all, to take hold of and format learners' bodies and conditions. According to our study, these conflicts and formats oscillate and make up non-excluding poles of Art, either as a market product or as a way-of-life transformation process. Having overcome those dilemmas, we came across a great number of connections, variations and peculiarities established by youngsters in a work liable to art intersections: space to share life experiences, professional growth, socializing, exercising playful activities, artistic skills development and others. So, we have concluded that experience taken as an analysis devise is a valuable kind of social laboratory of singular experiments, which, by matching health, work and art, produce innovating social practices and become reference to other governmental or nongovernmental actions focused on young learners.
Keywords: Subjectivity
Youth
Educational actions
Work
Health
keywords: Aprendizagem
Adolescência
Arte
Trabalho
Saúde
Subjetividade
Juventude
DeCS: Aprendizagem
Adolescente
Arte
Trabalho
Issue Date: 2002
Citation: LIMA, Silvana Mendes. Modos de subjetivação na condição de aprendiz: uma análise de perspectivas educativas no âmbito do trabalho, da arte e da saúde. 2002. 169 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2002.
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
155.pdf1.09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.