Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/47621
Title: Caracterização dos agrotóxicos utilizados nas ações de controle vetorial e nocividades para a saúde dos trabalhadores
Other Titles: Characterization of pesticides used in vector control actions and harmful effects on workers' health
Advisor: Larentis, Ariane Leites
Authors: Silveira, Gabriel Rodrigues da
Coadvisor: Friedrich, Karen
Rosa, Ana Cristina Simões
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O uso de produtos domissanitários contendo princípios ativos de agrotóxicos (IAA) é elemento central da atual estratégia de controle vetorial brasileira, o que torna as ações dos programas de controle vetorial potenciais fontes de exposição a essas substâncias para população humana e o meio ambiente. Essa exposição é mais intensa para os profissionais envolvidos diretamente com a manipulação e aplicação desses insumos, como é o caso dos agentes de combate às endemias (ACE), também conhecidos por guardas de endemias, agentes de saúde pública ou agentes de saúde, que ao longo das décadas desempenhando a função sofreram um processo de exposição continua que pode ter colaborado para o surgimento de diversos agravos de saúde verificados na categoria. Através de uma pesquisa documental utilizando documentos oficiais das secretarias de saúde do estado e do município do Rio de Janeiro e revisão da literatura, buscou-se reconstruir e analisar o histórico dos IAA utilizados pelos ACE na região e as implicações dessa exposição, visando contribuir para a elaboração do perfil de intoxicação desses trabalhadores. Com base nessas informações almejou-se gerar subsídios para a promoção de políticas públicas voltadas a mudanças no processo de trabalho da categoria que garantam maior segurança em sua execução, prevenindo futuras exposições, assim como para aqueles casos em que a exposição já ocorreu, a adoção das medidas necessárias para o cuidado com a saúde desses trabalhadores e a restituição dos eventuais prejuízos gerados. O estudo identificou um total de 11 IAA nos produtos utilizados no estado e município do Rio de Janeiro, com 10 dessas substâncias sendo utilizadas no período entre 2000 e 2019, sendo a exceção o temefós utilizado em período não especificado anterior a 2001. Dentre os diversos efeitos em humanos associados a exposição a essas substâncias, se destaca o efeito neurotóxico de 7 delas (alfa-cipermetrina, bendiocarbe, deltametrina, fenitrotiona, malationa, permetrina e temefós) e o potencial carcinogênico da alfa-cipermetrina, malationa e permetrina. Na perspectiva ambiental foram encontrados efeitos nocivos a quase todas as classes de seres vivos, com destaque aos invertebrados e organismo aquáticos. As inúmeras implicações humanas e ambientais da exposição à IAA reforçam a necessidade de reformulação da política nacional de controle vetorial que emprega massivo volume de inseticidas químicos, expondo a categoria dos ACE, assim como a população geral e o meio ambiente a esses efeitos.
Abstract: The use of pesticides is a key element of the current Brazilian vector control strategy, which makes the actions of vector control programs potential sources of exposure to these substances for the human population and the environment. This exposure is more intense for professionals directly involved with the manipulation and application of these pesticides, like the endemic diseases control agents (ACE), also known as endemic guards, public health agents or health agents, who suffered a process of continuous exposure for decades that may have contributed to the emergence of several health problems verified in the category. Through a documentary research using official documents from the health departments of the state and municipality of Rio de Janeiro and a literature review, the history of pesticides used by the ACE in the region and the implications of this exposure was reconstructed and analysed, aiming to contribute to the elaboration of the intoxication profile of these workers. The aim was to generate information to subsidize the promotion of public policies regards changes in the work process of the category to guarantee greater security in its execution, preventing future exposures, as well as for those cases in which the exposure has already occurred, the adoption the necessary measures to care for the health of these workers and the reimbursement of any losses generated. The study identified a total of 11 active ingredients of pesticides in the products used in the state and municipality of Rio de Janeiro, 10 of these substances being used in the period between 2000 and 2019, with the exception being the temephos, used in an unspecified period prior to 2001. Among the effects on humans associated with exposure to these substances, the neurotoxic effect of 7 of them (alpha-cypermethrin, bendiocarb, deltamethrin, phenitrothione, malathion, permethrin and temephos) and the carcinogenic potential of alpha-cypermethrin, malathion and permethrin stands out. From the environmental perspective, harmful effects were found on almost all classes of living beings, with emphasis on invertebrates and aquatic organisms. The innumerable human and environmental implications of exposure to pesticides reinforce the need to reformulate the national vector control policy that employs a massive volume of pesticides, exposing the ACE category, as well as the general population and the environment to these effects.
Keywords: Insecticides
Vector Control
Occupational Exposure
Public Health Surveillance
Occupational Health
Public Health
keywords: Inseticidas
Controle de Vetores
Exposição Ocupacionais
Vigilância em Saúde Pública
Saúde do Trabalhador
Saúde Pública
DeCS: Inseticidas
Controle de Vetores
Exposição Ocupacional
Vigilância em Saúde Pública
Saúde do Trabalhador
Saúde Pública
Condições de Trabalho
Câncer Ocupacional
Revisão
Issue Date: 2020
Citation: SILVEIRA, Gabriel Rodrigues da. Caracterização dos agrotóxicos utilizados nas ações de controle vetorial e nocividades para a saúde dos trabalhadores. 2020. 124 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2020.
Date of defense: 2020-02-14
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz.
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - PPGSPMA - Dissertações de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
gabriel_rodrigues_silveira_ensp_mest_2020.pdf1.72 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.