Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/5312
Title: Engenho e arte nos concursos públicos da Fiocruz: um estudo
Other Titles: Engenho and art in the public competitions of the Fiocruz: a study
Advisor: Amâncio Filho, Antenor
Authors: Alves, Marise Freitas
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este estudo tem como referência o campo de recursos humanos e sua esfera de atuação, relatando como tem se dado a incorporação de pessoal, sob a concepção da reforma do Estado, no setor público de modo geral e na Fiocruz, particularmente, promovendo uma análise do concurso público de 2002. O trabalho revela que a última década foi marcada pelo conflito vivido pelos gestores públicos entre o enxugamento da máquina estatal e a flexibilidade nos contratos de terceirização, muitas vezes desprotegidos socialmente. O presente trabalho é de natureza teórica, cuja metodologia é fundamentada em pesquisa de registros documentais e biblioia sobre o tema. Está centrado em uma experiência concreta, o concurso público realizado em 2002 pela Fiocruz, problematizando a conformação final das vagas preenchidas, com foco em duas Unidades da Instituição: a Diretoria de Recursos Humanos DIREH - unidade técnico- administrativa, responsável pelas ações relacionadas à administração e ao desenvolvimento de recursos humanos, e o Instituto de Tecnologia em Fármacos Far- Manguinhos - unidade técnico- científica, responsável pelo desenvolvimento tecnológico e pela produção de medicamentos. A questão que perpassa o estudo pode ser expressa da seguinte maneira: as vagas preenchidas nos concursos públicos estão distribuídas em consonância com as diretrizes institucionais?
Abstract: This research was performed in the field of Human Resources. The object of this study is how human resources are hired by the public administration, especially at the Oswaldo Cruz Foundation (Fiocruz), by means of the public exams of 2002. This work reveals that the last decade was marked by the conflicts, experienced by the public managers, between “shrinking” the number of public servants and the flexibility of hiring by contracts, which are socially and legaly unprotected. The present work is of theoretical nature and its methodology is based on documental and bibliographical research. The object of this study was the public exams performed in 2002 at Fiocruz, focusing FarManguinhos – responsible for the technological development and production of drugs; and the Human Resources Directory – responsible for the management and development of human resources at the Institution. The main point of this study is: are the positions filled in the public exams distributed in accordance with the institutional policy?
Keywords: State reform
Human resources
Hiring
Public tender
keywords: Reforma do estado
Recursos humanos
Incorporação de pessoal
Concurso público
Issue Date: 2004
Citation: ALVES, Marise Freitas. Engenho e arte nos concursos públicos da Fiocruz: um estudo. 2004. 66 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Saúde) - Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2004.
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Marise_Freitas_ENSP_2004379.6 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.