Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/8735
Title: Território, hegemonia e saúde: limiares epistemológicos para uma práxis emancipatória no campo da saúde
Advisor: Fontes, Virgínia
Members of the board: Fontes, Virgínia
Pronko, Marcela Alejandra
Stotz, Eduardo
Authors: Ramos, Sérgio Lúcio Garcia
Coadvisor: Monken, Maurício
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional em Saúde.
Abstract: Esta pesquisa busca contribuir com uma reflexão de viés epistemológico-crítico sobre as possibilidades contra-hegemônicas engendradas na interface Território, Hegemonia e Saúde, com vistas a subsidiar teoricamente o debate sobre a construção de uma práxis emancipatória a partir do campo da saúde. A hipótese aqui proposta, apoiada teoricamente nos conceitos de Território, de Milton Santos; Hegemonia e Estado Ampliado, em Gramsci e Poulantzas; e Conceito Ampliado de Saúde, para Breilh, parte do entendimento de que a vida do território em sua totalidade concreta, portanto, multiplamente determinada é constituída como síntese contraditória, não somente da dimensão da doença e da conformação hegemônica, mas também de saúdes e sentidos emancipatórios, sem a consciência e a consideração dos quais, qualquer projeto contra-hegemônico torna-se mero manual prescritivo de futuro, inevitavelmente, autoritário. Neste sentido, em que pese o recorte teórico do objeto de estudo, um território específico tem função provocativa para nossas elaborações. Seja intestinamente, de forma subjacente às incursões mais teoricamente áridas da pesquisa, onde ele pareça não figurar, mas está; seja mais declaradamente, nos momentos em que se o coloca como desafio de complexidade para a dimensão teórica, desafiando-a em seus alcances e inadequações, a região de Jacarepaguá, composta por onze bairros da zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, tem o papel metodológico de figurar como transversalidade territorial, cuja mais radical singularidade, possa ser provocativa de um olhar científico mais ampliado sobre territórios urbanos.
keywords: Território
Hegemonia
Saúde
Práxis
Epistemologia
Totalidade Concreta
DeCS: Territorialidade
Conhecimento
Saúde
Issue Date: 2012
Publisher: EPSJV
Citation: RAMOS, Sérgio Lúcio Garcia. Território, hegemonia e saúde: limiares epistemológicos para uma práxis emancipatória no campo da saúde. 2012, 69 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Rio de Janeiro, 2012
Date of defense: 2012-12-20
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Coordenação de Pós-Graduação
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:EPSJV - PPGEPS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sérgio_Ramos_EPSJV_Mestrado_2012.pdf508.9 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.