Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/15363
Title: Avaliação da metodologia de floculação orgânica para recuperação de vírus entéricos em frutas e queijos
Advisor: Miagostovich, Marize Pereira
Members of the board: Silva, Edson Elias da
Marin, Victor Augustus
Clementino, Maysa Beatriz Mandetta
Pinto, Marcelo Alves
Capasso, Ivano Raffaele Victorio de Filippis
Authors: Melgaço, Fabiana Gil
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Atualmente, os vírus entéricos, principalmente os norovírus humanos (NoV), são descritos como os principais causadores de surtos de doenças transmitidas por alimentos (DTA), especialmente os de rápido preparo e consumo, como frutas e frios. Devido às baixas concentrações de vírus entéricos em amostras de alimentos, é necessário dispor de um método de detecção rápido e eficiente que permita esclarecer surtos de origem alimentar e implementar medidas de prevenção quando necessárias. Este estudo teve como objetivo adaptar e avaliar a metodologia de floculação orgânica com leite desnatado para recuperação de vírus em frutas e queijos, comparando sucesso e eficiência de recuperação viral com outras metodologias previamente estabelecidas, assim como avaliar a qualidade microbiológica destes alimentos em municípios do Estado do Rio de Janeiro incluindo a pesquisa de vírus gastroentéricos. Ensaios de contaminação artificial em morangos, tomates e queijos foram realizados para recuperação de NoV GII.4 e norovírus murino 1 (MNV-1). O método de floculação orgânica por leite se mostrou eficiente para recuperação de NoV a partir de morangos e tomates quando comparado com métodos de polietileno glicol (PEG) e filtração por membranas carregadas negativamente. Entretanto, não se mostrou eficiente na recuperação viral em queijos, quando comparado com o método de extração direta por TRIzol® Para avaliação da qualidade microbiológica destes alimentos, 270 amostras (90 de cada matriz) obtidas comercialmente foram concentradas por floculação orgânica (morangos e tomates) e TRIzol® (queijos). Todas as amostras foram testadas por PCR quantitativo (qPCR) para investigação de NoV GI, GII e adenovírus humanos (HAdV). MNV-1 foi utilizado com sucesso como controle interno de processo em todas as reações. NoV foram identificados apenas nas amostras de queijos, enquanto a presença de HAdV foi observada em frutas e queijos. Adicionalmente foram realizadas analises bacteriológicas que revelaram coliformes termotolerantes em amostras de morangos e queijos. Nas amostras de queijos também se observou contaminação por Staphyloccocus coagulase positiva, abaixo dos padrões determinados pela legislação brasileira. Concluindo, os resultados obtidos neste estudo apresentam a metodologia de floculação orgânica como alternativa de baixo custo, para frutas, e o uso do TRIzol® em queijos que auxiliarão na vigilância laboratorial de surtos, gerando informações que permitam uma estimativa mais exata da proporção de surtos de NoV atribuídos a transmissão de origem alimentar
Abstract: Currently, enteric víruses, primarily human norovírus (NoV), are described as the main cause of foodborne disease outbreaks (FBD), especially those of rapid preparation and consumption, like fruits and dairy. Due to the low concentrations of enteric vírus in food samples, it is necessary to have a fast and efficient detection method that allows to elucidate foodborne outbreaks and to implement preventive measures when necessary. This study aimed to adapt and evaluate the skimmed milk organic flocculation methodology for vírus recovery in fruits and cheeses, comparing success and the efficiency of viral recovery with other previously established methods, and assess the microbiological quality of food in the State of the Rio de Janeiro municipalities including gastroenteric vírus. Artificially contaminated strawberries, tomatoes and cheeses were evaluated for NoV GII.4 and murine norovírus 1 (MNV-1) recovery. The organic flocculation method was efficient for the NoV recovery from strawberries and tomatoes as compared to polyethylene glycol (PEG) and filtration negatively charged membranes. However, this methodology was not efficient for viral recovery in cheese when compared with the method of direct extraction by TRIzol® To evaluate the microbiological quality of food, 270 samples (90 of each matrix) commercially obtained were concentrated by organic flocculation (strawberries and tomatoes) and TRIzol® (cheese). All samples were assayed by quantitative PCR (qPCR) for investigation NoV GI, GII and human adenovírus (HAdV). MNV-1 was successfully used as an internal control process in all reactions. NoV were identified only in the cheeses samples, while the presence of HAdV was observed in fruits and cheese. In addition bacteriological analysis revealed that fecal coliforms in samples of strawberries and cheese. In cheese samples was also observed contamination for Staphylococcus coagulase positive below the Standards Brazilian. In conclusion, the results of this study present a skimmed milk organic flocculation methodology as a low cost alternative, for fruits, and the use of TRIzol® in cheeses that can assist in laboratory surveillance of outbreaks, generating information for a more accurate estimate of the proportion of NoV outbreaks attributed to foodborne transmission
DeCS: Adenoviridae
Floculação
Frutas
Norovirus
Queijo
Doenças Transmitidas por Alimentos
Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
Issue Date: 2016
Citation: MELGAÇO, F. G. Avaliação da metodologia de floculação orgânica para recuperação de vírus entéricos em frutas e queijos. 2016. 102f. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, RJ, 2016
Date of defense: 2016-05-24
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós - Graduação em Biologia Parasitária
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fabiana_melgaco_ioc_dout_2016.pdf2.67 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.