Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/30996
Title: Alimentar é também educar: a merenda escolar no Brasil (1940-1960)
Advisor: Hochman, Gilberto
Authors: Fogagnoli, Marcela
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Esse trabalho analisa as ideias e políticas públicas desenvolvidas por médicos nutrólogos, nutricionistas, instituições governamentais e agências internacionais, que resultaram na implementação da merenda escolar como uma política pública nacional, entre as décadas de 1940 e 1960. A tese busca identificar a atuação dos diversos atores envolvidos nesse processo e as principais ideias que fundamentaram essa política estatal. No contexto dos anos de 1940, momento em que a nutrição começou a se constituir no Brasil como um campo específico, surgiram diversas teorias e propostas sobre alimentação da população. Destaca-se a atuação e contribuição destes trabalhadores e a formação de autarquias e instituições que, aos poucos, foram estabelecendo as diretrizes de nutrição no país. Nesse sentido, surgiu o periódico Arquivos Brasileiros de Nutrição, tornando-se o porta-voz das ideias do grupo de profissionais da nutrição ligados a Josué de Castro, importante nutrólogo brasileiro. Através dos artigos publicados na revista, aqueles pesquisadores constituíram um discurso que contribuiu para a implementação da merenda. A partir da análise das ideias desse grupo, pode-se notar a construção de um discurso sobre alimentação, população, hábitos e costumes alimentares, que resultou num projeto de educação alimentar. Ao chegar à conclusão de que o povo brasileiro não sabia se alimentar da forma considerada correta, pretendia-se transformar os hábitos alimentares de maneira que a população aprendesse a comer de acordo com as diretrizes propostas. Esse projeto incluía as crianças, sobretudo os escolares, vistos como moldáveis, representavam o futuro da nação que se constituiria livre dos antigos hábitos alimentares. A partir destes profissionais ligados a Castro, surgiu a Comissão Nacional de Alimentação, responsável pela Campanha de Merenda Escolar. Porém, esses profissionais, não estavam sozinhos no caminho da merenda como uma política pública. Em outro ponto do trajeto estavam o Serviço de alimentação da Previdência Social (SAPS), e o importante nutrólogobrasileiro Dante Costa. O SAPS foi, entre tantas coisas, um centro de formação profissional e o símbolo da política estatal de alimentação. Dante Costa atuando no SAPS propôs medidas para melhorar a alimentação do brasileiro, sobretudo de trabalhadores e crianças. Destaca-se, portanto, por colocar a merenda escolar em questão, contribuindo assim para o debate sobre a necessidade de um programa de alimentação dos escolares.
Abstract: This work analyzes the ideas and public policies developed by doctors (nutritionists), nutritionists, governmental institutions and international agencies, which resulted in the implementation of school meals as a national public policy between the 1940s and 1960s. The thesis seeks to identify the performance of the various actors involved in this process and the main ideas that underpinned this state policy. In the context of the 1940s, when nutrition began to be constituted in Brazil as a specific field, several theories and proposals on feeding the population emerged. The performance and contribution of nutritionists and the formation of autarchies and institutions that, little by little, were establishing the guidelines of nutrition in the country stand out. In this sense, the journal Arquivos Brasileiros de Nutrição appeared, becoming the mouthpiece of the ideas of the doctors and nutritionists groups linked to Josué de Castro, an important Brazilian nutrologist. Through the articles published in the journal, these professionals were a speech that contributed to the implementation of the school lunch. From the analysis of the ideas of this group, one can note the construction of a discourse on food, population, habits and eating habits, which resulted in a food education project. Concluding that the Brazilian people did not know how to eat in the correct way, it was intended to transform the eating habits so that the population learned to eat according to the proposed guidelines. This project included children, especially schoolchildren, seen as moldable, representing the future of the nation that would be free from old eating habits. From these professionals linked to Castro, the National Food Commission was created, responsible for the School Lunch Campaign. However, these professionals, they were not alone in the way of the school lunch as a public policy. At another point along the route were the Social Welfare Food Service (SAPS), and the important Brazilian nutrologist Dante Costa. SAPS was, among many things, a vocational training center and the symbol of state food policy. Dante Costa acting in the SAPS proposed measures to improve the Brazilian's food, especially of workers and children. It is therefore important to place the school lunch in question, thus contributing to the debate about the need for a school feeding program.
keywords: Alimentação Escolar
Nutrição em Saúde Pública
Nutrição da Criança
DeCS: Alimentação Escolar
Nutrição da Criança
Nutrição em Saúde Pública
História do Século XX
Brasil
Issue Date: 2017
Citation: FOGAGNOLI, Marcela. Alimentar é também educar: a merenda escolar no Brasil (1940-1960). 2017. 201 f. Tese (Doutorado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Casa de Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:COC - PPGHCS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_final_Marcela_fogagnoli.pdf3.77 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.