Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/32063
Title: EAD e febre amarela: reflexões acerca de uma proposta de curso para os trabalhadores de Bio-Manguinhos
Advisor: Lobo Neto, Francisco José da Silveira
Members of the board: Teixeira, Márcia de Oliveira
Waldhelm, Mônica de Cássia Vieira
Lobo Neto, Francisco José da Silveira
Authors: Assed, Marcela Luiza Soares
Coadvisor: Oliveira, Sergio Ricardo de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Febre Amarela (FA) é uma doença infecciosa causada por um vírus e transmitida por mosquitos e pode, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), ser categorizada em selvática, intermédia e urbana, este último onde o vírus é introduzido em zonas densamente povoadas. O Instituto Tecnológico em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), é o maior produtor mundial da vacina contra a doença, principal fornecedor do Ministério da Saúde (MS) por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Há relatos de surto urbano da doença desde 1730, mas as recentes epidemias na África e Brasil preocuparam os epidemiologistas e evidenciaram a necessidade da instituição de apresentar aos seus trabalhadores, informações e esclarecimentos no tema. Entendeu-se tático não apenas informar, mas desenvolver uma experiência piloto, utilizando EaD, enquanto ferramenta que se propicia, de modo autônomo, reflexão e construção coletiva no conjunto de iniciativas já implementadas na organização de acordo com as políticas públicas vigentes. Por meio da investigação bibliográfica, referenciada no materialismo histórico dialético, apresenta-se ao fim da dissertação as análises necessárias para proposição de um curso a distância, de domínio público no tema definido. Para alicerce pedagógico, além da consulta a documentos normativos sobre EaD foi realizado a análise dos Referenciais de Qualidade para a EaD em busca da garantia das normas de qualidade no processo de ensino/aprendizagem e o caráter emancipador da educação politécnica.
Abstract: Yellow Fever (FA) is an infectious disease caused by a virus and transmitted by mosquitoes and can, according to the World Health Organization (WHO), be categorized as jungle, intermediate and urban, the latter where the virus is introduced in densely populated areas. The Technological Institute in Immunobiologicals (Bio-Manguinhos / Fiocruz) is the world's largest producer of the vaccine against the disease, the main supplier of the Ministry of Health (MS) through the National Immunization Program (PNI). There have been reports of an urban outbreak of the disease since 1730, but the recent epidemics in Africa and Brazil have worried the epidemiologist and have highlighted the need for the institution to present its workers with information and clarification on the subject. It was understood tactical not only to inform, but to develop a pilot experience, using EaD, as a tool that provides, autonomously, reflection and collective construction in the set of initiatives already implemented in the organization in accordance with the current public policies. Through the bibliographical research, referenced in dialectical historical materialism, we present at the end of the dissertation the necessary analyzes for proposing a distance course, of public domain in the defined theme. As a pedagogical foundation, besides the reference to normative documents on EaD, the analysis of the Quality Guidelines for EaD was carried out in order to guarantee quality norms in the teaching / learning process and the emancipatory character of polytechnic education.
Keywords: Istance Education
Permanent Education
Yellow Fever
Vaccine
keywords: Educação a Distância
Educação Permanente
Febre Amarela
Vacina
DeCS: Educação Profissional em Saúde Pública
Educação Continuada
Educação a Distância
Febre Amarela
Issue Date: 2018
Publisher: EPSJV
Citation: ASSED, Marcela Luiza Soares. EAD e febre amarela: reflexões acerca de uma proposta de curso para os trabalhadores de BioManguinhos. 2018, 79 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Rio de Janeiro, 2018.
Date of defense: 2018-10-23
Place of defense: Rio de Janeiro, RJ
Department: Coordenação de Pós-Graduação em Educação Profissional em Saúde
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:EPSJV - PPGEPS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcela_Assed_EPSJV_Mestrado_2018.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.