Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/9250
Title: Detecção de transgênicos em alimentos utilizando a técnica Multiplex-PCR
Other Titles: Detection of transgenic in food and feed using multiplex PCR
Advisor: Marin, Victor Augustus
Leite, Paola Cardarelli
Members of the board: Villas Bôas, Maria Helena Simões
Miyazaki, Neide Hiromi Tokumaru
Oliveira, Edna Maria Morais
Marin, Victor Augustus
Leite, Paola Cardarelli
Authors: Costa, Thadeu Estevam Moreira Maramaldo
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Abstract: Durante o período de 1996 a 2006, a proporção da área global de lavouras biotecnológicas plantadas por países em desenvolvimento aumentou consistentemente a cada ano. Nos últimos dez anos, mais de 40 países adotaram políticas de rotulagem para alimentos geneticamente modificados, mas as características das regulamentações e seu grau de execução variam enormemente. Os efeitos observados dessas políticas sobre a escolha dos consumidores, a informação para os consumidores, comércio dos alimentos, comércio internacional também variam significativamente. No Brasil, o Decreto n. 4.680/03 regulamenta o direito à informação, assegurado pela Lei n. 8.078/90, quanto aos alimentos e ingredientes alimentares destinados ao consumo humano ou animal que contenham ou sejam produzidos a partir de organismos geneticamente modificados (OGMs). O cumprimento da legislação que regulamenta a comercialização de alimentos e ingredientes contendo OGMs é totalmente dependente da sensibilidade e confiabilidade dos métodos de detecção e quantificação de OGMs. . Entre os métodos existentes, a reação em cadeia da polimerase (PCR) é o mais aceito, por ser sensível e confiável para detecção de material geneticamente modificado em análises de rotina. A padronização da técnica de PCR multiplex para a detecção de vários transgênicos em produtos alimentícios facilita o monitoramento destes, pois além de diminuir o tempo de diagnóstico, utiliza uma menor quantidade de reagentes, barateando o processo de detecção. No presente estudo, foi utilizada uma duplex PCR para a detecção de soja geneticamente modificada tolerante ao herbicida glifosato (Roundup Ready) e uma PCR multiplex para a detecção simultânea de três linhagens de milho transgênico (MON810, Bt11 e Bt176) em amostras de alimentos humano e animal. Foram utilizadas duas metodologias para extração do DNA das amostras: o método CTAB (já utilizado pelo INCQS) e o kit DNeasy Mini. [...]
Abstract: From 1996 to 2006, the proportion of the global area of biotech crops growing in developing countries has increased consistently. In the last ten years, over 40 countries have adopted policies for the labeling of genetically modified food, but the regulations characteristics and their degree of implementation varies greatly. The effects of these policies on consumer choice and information, on food trade and international trade also vary significantly. In Brazil, the Decree No. 4.680/03 regulates the right to consumers information, provided by Law No. 8078/90, on food and food ingredients intended for human or animal consumption containing or produced from genetically modified organisms (GMOs). Compliance with regulation on the marketing of foods and ingredients containing GMOs is totally dependent on the sensitivity and reliability of methods of detection and quantification of GMOs. Among the existing methods, the polymerase chain reaction (PCR) is the most accepted, sensitive and reliable for the detection of genetically modified material in routine. The multiplex PCR is used on the screening of GMO in food because its able to detect simultaneously several transgenic, being a less time and reagents consuming method, making the process of detection cheaper. In the present study, duplex PCR was tested for the detection of genetically modified soybeans tolerant to the herbicide glyphosate (Roundup Ready) and a multiplex PCR was tested for the simultaneous detection of three lineages of transgenic maize (MON810, Bt11 and Bt176) in samples of human food and feed. Two methodologies were used for extraction of DNA from samples: the CTAB method (already used by INCQS) and DNeasy® Mini kit. The results were compared to the standard method used by INCQS. Out of the fourty samples, thirty samples were positive for the presence of Roundup Ready soybeans, fourteen were positive for at least one of the GM corn studied. Nine were positive for MON 810 maize, three were positive for Bt 11 maize, and five were positive for Bt 176 maize. The method proved to be robust and can be used on a routine for the detection of GMOs in food.
DeCS: Alimentos Geneticamente Modificados
Reação em Cadeia da Polimerase
Vigilância Sanitária
Issue Date: 2008
Citation: COSTA, T. E. M. M. Detecção de transgênicos em alimentos utilizando a técnica Multiplex-PCR. 2008. 105 f. Dissertação (Mestrado em Vigilância Sanitária)- Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2008.
Date of defense: 2008-03-04
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Coordenação de Pós-Graduação
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:INCQS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
109.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.